Mercado fechará em 4 h 24 min
  • BOVESPA

    111.941,45
    +62,92 (+0,06%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.674,83
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,13
    -0,15 (-0,33%)
     
  • OURO

    1.843,90
    +13,70 (+0,75%)
     
  • BTC-USD

    19.369,68
    +420,43 (+2,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    381,05
    +6,64 (+1,77%)
     
  • S&P500

    3.670,12
    +1,11 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    29.941,54
    +57,75 (+0,19%)
     
  • FTSE

    6.462,33
    -1,06 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    26.728,50
    +195,92 (+0,74%)
     
  • NIKKEI

    26.809,37
    +8,39 (+0,03%)
     
  • NASDAQ

    12.473,00
    +18,75 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2737
    -0,0461 (-0,73%)
     

Eletrobras adere a acordo de leniência da Camargo Corrêa e receberá R$117 mi

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A Eletrobras assinou termo de adesão a um acordo de leniência firmado pela União com a empreiteira Camargo Corrêa, o que permitirá o ressarcimento de cerca de 117 milhões de reais à companhia e controladas, informou a estatal nesta segunda-feira.

De acordo com comunicado da elétrica, as empresas do grupo que serão beneficiadas são a própria Eletrobras, que receberá 28,9 milhões de reais; a Chesf, também com 28,9 milhões de reais; a Eletronorte, com 38,5 milhões de reais; e Furnas, com 20,6 milhões de reais.

Os pagamentos, que totalizarão 116,89 milhões de reais, serão realizados em 24 parcelas anuais a serem corrigidas pela taxa Selic, de acordo com a estatal.

"Esta é uma oportunidade de fazer retornar à Eletrobras parte dos recursos a que a companhia tem direito, diante dos prejuízos causados pela construtora, decorrentes do esquema de corrupção desvendado pela Operação Lava Jato", disse a empresa no comunicado.

A Eletrobras acrescentou que também terá acesso garantido às informações e documentos obtidos por intermédio do acordo, assinado pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pela Advocacia Geral da União (AGU), "de forma a avaliar se há outras medidas de ressarcimento cabíveis a serem adotadas, em razão dos atos ilícitos dos quais foi vítima".

(Por Gabriel Araujo)