Mercado fechado

Eleições 2020: o que é coeficiente eleitoral?

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Agência Brasil
Agência Brasil

Você já se perguntou por que algumas vezes um candidato bem votado, não consegue uma vaga no Poder Legislativo, sendo que outro candidato, que recebeu um número menor de votos, é eleito? Se você tem essa dúvida, vamos te explicar através do coeficiente eleitoral.

No caso citado acima, o que recebeu menos voto foi eleito, pois o partido que ele pertence teve o maior número de votos. Isso acontece porque nas casas legislativas as vagas são atribuídas de acordo com a votação recebida por partido ou coligação.

Mais sobre Eleições 2020:

Quando se escolhe um candidato, o eleitor está votando também em um partido (é por isso que quando você vota na urna eletrônica, coloca-se o número do partido antes do candidato. Se o eleitor quiser colocar apenas o número sem especificar qual candidato ele quer eleger, basta colocar os dois primeiros números.

O que é coeficiente eleitoral?

Enfim, com o número total de votos válidos que um partido (ou coligação) recebe, é iniciado uma conta, uma fórmula que define proporcionalmente o número de eleitos.

Esse número então, é dividido pelo total de vagas disputadas. E essa divisão é chamada de Coeficiente Eleitoral.

Depois de aplicar a fórmula do coeficiente eleitoral, é definido os títulos e vagas. Os outros candidatos dos partidos e coligações, serão todos suplentes.

O coeficiente eleitoral é um limitador para os partidos políticos com baixo desempenho. A gremiação partidária que não tem a quantidade de votos iguais ou superior ao coeficiente eleitoral, não tem o direito de eleger candidatos para o Poder Legislativo.