• BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    48.237,21
    +1.069,78 (+2,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7797
    -0,0062 (-0,09%)
     

Electrolux tem lucro acima do esperado com pandemia estimulando compra de eletrodomésticos

·1 minuto de leitura
Electrolux tem lucro acima do esperado com pandemia estimulando compra de eletrodomésticos

ESTOCOLMO (Reuters) - A Electrolux reportou nesta terça-feira lucro no quarto trimestre acima do esperado, reflexo de mais compras de eletrodomésticos, uma vez que lockdowns em razão do coronavírus fizeram com que consumidores passam mais tempo em casa.

O grupo sueco aumentou seus dividendos e disse que a demanda no primeiro semestre deste ano deve ser maior ano a ano.

A Electrolux teve lucro operacional de 2,50 bilhões de coroas no quarto trimestre (297 milhões de dólares), ante 960 milhões no ano anterior. Analistas ouvidos pela Refinitiv previam em média lucro de 2,34 bilhões de coroas.

"As vendas continuaram a se beneficiar com os consumidores alocando mais de seus orçamentos domésticos para reforma e também executamos bem no preço e no mix", disse o presidente-executivo, Jonas Samuelson, em um comunicado.

O grupo propôs um dividendo de 8 coroas por ação para 2020, ante 7 coroas para 2019 e em linha com as expectativas.

A companhia acrescentou que a tendência contínua de ficar em casa em razão da Covid-19 combinada com baixos estoques nos varejistas significam que a demanda provavelmente será maior no primeiro semestre de 2021 ante o mesmo período em 2020.

A Electrolux disse que esperava preços mais altos para compensar os ventos contrários das matérias-primas em 2021.

(Reportagem de Anna Ringstrom)