Mercado fechará em 5 h 21 min
  • BOVESPA

    109.499,95
    +1.012,07 (+0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.641,48
    +123,18 (+0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,66
    -0,62 (-0,56%)
     
  • OURO

    1.854,50
    +12,40 (+0,67%)
     
  • BTC-USD

    30.244,12
    +278,97 (+0,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    678,65
    +3,78 (+0,56%)
     
  • S&P500

    3.948,79
    +47,43 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    31.730,57
    +468,67 (+1,50%)
     
  • FTSE

    7.493,28
    +103,30 (+1,40%)
     
  • HANG SENG

    20.470,06
    -247,18 (-1,19%)
     
  • NIKKEI

    27.001,52
    +262,49 (+0,98%)
     
  • NASDAQ

    11.851,25
    +10,50 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1214
    -0,0314 (-0,61%)
     

El Salvador pode abandonar Bitcoin como moeda legal a pedido do FMI

·1 min de leitura

El Salvador pode deixar de usar o Bitcoin como moeda legal — a iniciativa entrou em vigor em setembro de 2021. O pedido é do conselho executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI), após discussões com o país, que negocia um empréstimo de US$ 1,3 bilhão.

Segundo a entidade, o uso da criptomoeda pode levar a riscos financeiros e à criação de novos passivos. Para os diretores do órgão, além dos passivos contingentes fiscais associados, há riscos à estabilidade financeira, à integridade financeira e à proteção ao consumidor.

El Salvador usa Bitcoin como moeda legal (Imagem: Reprodução/Captura de tela)
El Salvador usa Bitcoin como moeda legal (Imagem: Reprodução/Captura de tela)

Nayib Bukele, presidente de El Salvador, é defensor da criptomoeda, mas o FMI exige que as autoridades locais restrinjam o escopo da Lei Bitcoin e removam o status legal da moeda. Há, ainda, preocupação com os riscos associados à emissão de títulos lastreados em Bitcoin.

Em novembro, o FMI pediu que o país fortalecesse a regulamentação e a supervisão do ecossistema de pagamentos em criptomoedas. Além disso, solicitou que El Salvador não usasse o Bitcoin como moeda legal.

O país tem acumulado a criptomoeda — recentemente, comprou 410 Bitcoin, o que levou ao total de 1.500 Bitcoin detidos pelo país. Para 2022, El Salvador planeja títulos públicos de US$ 1 bilhão lastreados em Bitcoin. Eles serão denominados em dólares americanos e terão duração de 10 anos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos