Mercado abrirá em 2 h 47 min
  • BOVESPA

    113.430,54
    +1.157,53 (+1,03%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.564,27
    +42,84 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,50
    +0,63 (+0,80%)
     
  • OURO

    1.941,40
    -3,90 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    22.960,46
    +26,27 (+0,11%)
     
  • CMC Crypto 200

    524,33
    +5,54 (+1,07%)
     
  • S&P500

    4.076,60
    +58,83 (+1,46%)
     
  • DOW JONES

    34.086,04
    +368,95 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.786,20
    +14,50 (+0,19%)
     
  • HANG SENG

    22.072,18
    +229,85 (+1,05%)
     
  • NIKKEI

    27.346,88
    +19,77 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    12.123,75
    -28,25 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5269
    +0,0113 (+0,20%)
     

Elétrico Citroën ë-C3 é revelado na Índia

A Citroën divulgou oficialmente as primeiras imagens do ë-C3, versão 100% elétrica do remodelado hatch, lançado recentemente no Brasil. E a expectativa é que o modelo não fique restrito somente à Índia e aos países da Ásia, e também pinte no mercado verde-amarelo em um futuro próximo.

Em termos de design, ele é praticamente igual ao modelo a combustão que já roda por aqui. As exceções, claro, são a ausência de canos de escapamento, já que o ë-C3 será zero emissor de poluentes, e a presença de uma porta para carregamento das baterias, localizada no para-lamas dianteiro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A Citroën também não mexeu muito no acabamento interno da versão elétrica do C3, pois tem como principal objetivo manter os custos de produção baixos para, desta forma, brigar por um lugar no segmento de entrada, ou seja, com preços acessíveis para uma parcela maior da população.

Em termos de motorização e bateria, o C3 elétrico conta com um conjunto formado por um motor que oferece 57 cavalos e torque de 14,5 kgfm, com velocidade máxima limitada a 107 km/h. O desempenho é similar a outros modelos de entrada, como já mostramos no review do JAC E-JS1.

A bateria é produzida pela SVolt, marca chinesa, e tem 29,2 kWh de capacidade, que promete dar ao hatch elétrico francês aproximadamente 300 quilômetros de alcance por carga. O ë-C3 terá opção de carregamento rápido CCS2, que pode levar o carro de 0 a 80% de bateria em menos de uma hora. No carregador doméstico, a carga total deve levar entre 10 e 11 horas.

Citroën ë-C3 deve chegar ao mercado brasileiro em um futuro próximo (Imagem: Divulgação/Citroën)
Citroën ë-C3 deve chegar ao mercado brasileiro em um futuro próximo (Imagem: Divulgação/Citroën)

Citroën ë-C3 vem ao Brasil?

A produção do ë-C3 já começou, e a Citroën aceitará as encomendas em pré-venda a partir do próximo domingo, 22 de janeiro. A Índia ficará responsável pela fabricação da demanda e exportará os modelos para os demais centros em que forem comercializados, muito provavelmente até mesmo para o Brasil.

A Stellantis, responsável pela marca francesa, não se pronunciou oficialmente sobre a chegada da versão elétrica do hatch ao território brasileiro, mas a boa aceitação nas vendas do modelo a combustão em sua nova versão, mais moderna e atraente, pode ter aberto a porta para o ë-C3 também aparecer por aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: