Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.232,74
    +1.308,56 (+1,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.563,98
    +984,08 (+1,98%)
     
  • PETROLEO CRU

    113,89
    +3,40 (+3,08%)
     
  • OURO

    1.822,90
    +14,70 (+0,81%)
     
  • BTC-USD

    30.013,94
    -899,93 (-2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    667,04
    +424,36 (+174,87%)
     
  • S&P500

    4.008,01
    -15,88 (-0,39%)
     
  • DOW JONES

    32.223,42
    +26,76 (+0,08%)
     
  • FTSE

    7.464,80
    +46,65 (+0,63%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.236,75
    -146,00 (-1,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2810
    +0,0219 (+0,42%)
     

Einstein e HCor veem aumento de novos casos de Covid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os hospitais Eisntein e Hcor voltaram a registrar alta no número de pacientes com casos confirmados de Covid-19.

O Hcor diz ter registrado aumento no número de casos confirmados após semanas de queda. Na última quinzena de abril, a instituição afirma ter passado de uma média de sete atendimentos diários de casos de síndrome gripal no pronto-socorro para 40 ocorrência por dia.

A taxa de testes positivos para a Covid-19 passou de 3,3%, em março, para 8,7%, em abril. Para a administração do hospital, o aumento era previsto por conta dos dois feriados, o da Páscoa e o de Tiradentes. No último, houve também a realização do Carnaval, com desfiles e saída de blocos.

"É importante ressaltar que não estamos nem perto do número de casos registrados no auge da pandemia. Hoje, temos um paciente internado com Covid-19, enquanto, em março de 2021, tínhamos 166", diz, por meio de nota, o infectologista e superintendente de qualidade e segurança do Hcor, Pedro Mathiasi.

A cobertura vacinal, afirma, também tem garantido sintomas mais leves, o que dispensa a hospitalização.

O Einstein registrou crescimento similar. A taxa de testes com resultado positivo ficou em 8,2% na semana epidemiológica entre os dias 24 e 30 de abril. Nesse intervalo, 4.255 exames foram realizados, dos quais 348 acusaram a contaminação pelo coronavírus.

Um mês antes, entre 20 e 26 de março, o percentual de testes com resultado positivo no hospital tinha sido de 3,7%.

O hospital diz considerar que será fundamental acompanhar a taxa de positividade entre os exames nesta semana, quando se completam 15 dias do feriado do Carnaval. "Para compreender se ela continuará crescendo e avaliar possíveis impactos que esse aumento poderia ocasionar no atual contexto da pandemia", afirma a instituição, em nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos