Egito adotará novo sistema de compra e venda de moedas

O Egito adotará um novo sistema de compra e venda de moedas estrangeiras, informou o Banco Central do país, uma vez que os formuladores de políticas financeiras estão buscando solucionar o rápido esgotamento das reservas egípcias em moedas fortes.

As reservas de divisas estrangeiras do país caíram em mais de US$ 20 bilhões desde que a revolução do começo do ano passado retirou o ex-presidente do poder e conduziu o país a um caos político que já dura quase dois anos. No fim de novembro, o montante chegava a US$ 15,04 bilhões, pouco acima da cobertura de importações de três meses que o Fundo Monetário Internacional (FMI)recomenda como o valor mínimo de moedas estrangeiras.

"O atual nível de reservas de moedas estrangeiras representa o limite mínimo e crítico", afirmou o banco em um comunicado. Em uma breve mensagem a repórteres, o Banco Central disse que o novo sistema de câmbio será colocado em prática no domingo, mas não indicou como ele funcionará.

Segundo a nota, o novo sistema vai permitir que o banco canalize verbas para aplicações críticas, como a proteção da "reputação do Egito nos mercados financeiros internacionais" e a cobertura de importações de commodities estratégicas.

No entanto, o banco central foi cauteloso ao ressaltar que o novo sistema "não vai afetar o dólar no sistema interbancário, mas complementar e apoiá-lo". As informações são da Dow Jones.

Carregando...