Mercado fechará em 3 h 10 min

“Efeito Sonic”: Sega trabalha em adaptação de Yakuza para os cinemas

Claudio Yuge
·2 minutos de leitura

A SEGA parece ter gostado da experiência de levar Sonic para os cinemas. O filme do porco-espinho não conquistou assim uma bilheteria digna dos maiores blockbusters, com arrecadação de US$ 308,2 milhões em todo o mundo; e inicialmente sofreu muitas críticas, devido ao visual “lobisomem” do personagem. Mas, no final, o longa foi bem recebido pelo público, inclusive pela exigente comunidade gamer, e superou o orçamento de US$ 85 milhões. Isso tudo foi o suficiente para desenvolvedora se envolver em mais uma empreitada nas telonas, desta vez com a franquia Yakuza.

De acordo com a Variety, o projeto de Yakuza está nas mãos da 1212 Entertainment e da Wild Sheep Content, com produção de Erik Barmack, Roberto Grande e Joshua Long. Por enquanto, tudo está no estágio inicial, na fase de busca por roteiristas. "Yakuza nos oferece um novo playground no qual podemos definir histórias envolventes com personagens complexos, em um ambiente único que o público raramente viu antes", afirmou um porta-voz da 1212 Entertainment.

<em>Imagem: Reprodução/Sega</em>
Imagem: Reprodução/Sega

"A saga de Kazuma Kiryu tem um apelo cinematográfico embutido — uma mistura de ação cinética com explosões de comédia, várias histórias convergentes e uma jornada emocionante em direção à redenção", complementou. "Com nossa experiência em contar histórias globais, estamos entusiasmados em trazer este grande projeto para plataformas mundiais”, acrescentou Barmack.

Yakuza é a série mais vendida da Sega depois de Sonic The Hedgehog. O primeiro jogo foi lançado em 2005 no PlayStation 2 e, desde então, aumentou sua biblioteca e seus seguidores. Atualmente, a franquia conta com sete sequências de títulos principais e oito derivados. A primeira aventura conta a história de Kazuma Kiryu, que ele é libertado após 10 anos na prisão, por conta de um assassinato de um chefe do crime. Enquanto o submundo japonês procura vorazmente por US$ 100 milhões roubados de seu ex-clã, Kiryu é obrigado a voltar a cometer delitos.

Ainda não há previsão de início das gravações, elenco, diretor ou uma data de lançamento.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: