Mercado abrirá em 1 h 31 min
  • BOVESPA

    124.612,03
    -1.391,83 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.910,53
    +12,74 (+0,03%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,76
    +0,11 (+0,15%)
     
  • OURO

    1.797,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    40.399,78
    +2.724,54 (+7,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    946,91
    +70,68 (+8,07%)
     
  • S&P500

    4.401,46
    -20,84 (-0,47%)
     
  • DOW JONES

    35.058,52
    -85,79 (-0,24%)
     
  • FTSE

    7.013,72
    +17,64 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.983,25
    +35,50 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1138
    +0,0054 (+0,09%)
     

Efeito pandemia: venda de PC’s e notebooks aumenta quase 20% no primeiro trimestre

·2 minuto de leitura
Efeito pandemia: venda de PC’s e notebooks aumenta quase 20% no primeiro trimestre
Efeito pandemia: venda de PC’s e notebooks aumenta quase 20% no primeiro trimestre

Seguindo a tendência do home office e também das aulas online, o mercado brasileiro de notebooks e PC’s teve um aumento de quase 20% nas vendas em comparação ao primeiro trimestre de 2020. Os dados são da consultoria norte-americana IDC. Segundo o levantamento, o setor corporativo foi o que mais comprou máquinas, com um aumento de 24,4% no comparativo, sendo um indicador do impacto da pandemia na aquisição dos equipamentos.

Somente nesse segmento, foram vendidas 681.930 unidades, mas o total atingiu mais de 1,7 milhão de computadores comercializados.

Em termos mundiais, o setor de PC’s obteve uma marca ainda mais positiva: um crescimento de 55,2% no mesmo período, o que representa 84 milhões de unidades.

Impactos positivos da pandemia

Apesar de todas as notícias negativas envolvendo a pandemia, há setores que estão sendo altamente beneficiados pela crise imposta pela covid-19, como o de PC’s e notebooks. Isso porque a demanda pelos equipamentos cresceu muito em razão dos trabalhos remotos e educação à distância. Nesse sentido, muitas empresas decidiram comprar notebooks para seus colaboradores em sistema de comodato.

mulher trabalha em casa no computador
O boom nas vendas foi impulsionado pelas compras de notebooks pelas empresas em razão do trabalho remoto imposto pela pandemia. Imagem: Dean Drobot / Shutterstock

Trata-se de uma realidade que atinge pequenas, médias e grandes empresas, como explica o gerente da pesquisa IDC no Brasil, Reinaldo Sakis. “Esse número do mercado corporativo corrobora o que muitos fabricantes têm comentado sobre o comportamento das companhias, que estão repetindo o movimento do início da pandemia”.

E os dados são favoráveis mesmo com o aumento nos preços ocasionados pelo Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que influenciou em um reajuste na ordem de 20% nos preços tanto de notebooks quanto de PC’s. Assim, a receita do setor chegou a 6,66 bilhões, valor que representa uma alta de 45,9% em comparação ao mesmo período de 2020.

Leia mais:

Tendência que influenciou na vinda de novos equipamentos para o Brasil, inclusive muitos integrados com smartphones, como o Galaxy Book Pro, da Samsung, além da linha LG Gram e novas parcerias por parte da Positivo. A Lenovo também vem registrando constantes aumentos na venda de notebooks e a Multilaser lançou a marca Ultra.

O céu é o limite

Em curva ascendente, o mercado de computadores registrou 302 milhões de unidades comercializadas em 2020, o que representa crescimento de 13% em relação a 2019. Segundo a IDC, esse patamar não era atingido desde 2014.

Inclusive, o setor de inteligência da Positivo já está com uma expectativa no aumento das vendas de computadores no mercado mundial para 2021. É esperado um crescimento de 12,5%, o que atingiria 340 milhões de unidades vendidas, mas há alguns desafios, como o valor reduzido do auxílio emergencial, fechamento de lojas e a falta de componentes eletrônicos no mercado.

Via: Exame.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos