Mercado abrirá em 1 h 10 min
  • BOVESPA

    108.782,15
    -194,55 (-0,18%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.081,33
    -587,31 (-1,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,13
    +1,89 (+2,45%)
     
  • OURO

    1.769,40
    +14,10 (+0,80%)
     
  • BTC-USD

    16.518,98
    +310,48 (+1,92%)
     
  • CMC Crypto 200

    389,92
    +9,63 (+2,53%)
     
  • S&P500

    3.963,94
    -62,18 (-1,54%)
     
  • DOW JONES

    33.849,46
    -497,57 (-1,45%)
     
  • FTSE

    7.529,05
    +55,03 (+0,74%)
     
  • HANG SENG

    18.204,68
    +906,74 (+5,24%)
     
  • NIKKEI

    28.027,84
    -134,99 (-0,48%)
     
  • NASDAQ

    11.680,75
    +64,50 (+0,56%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5709
    +0,0217 (+0,39%)
     

Efeito Musk: perfis de extrema-direita inundam Twitter com insultos racistas

Efeito Musk: perfis de extrema-direita inundam o Twitter com insultos racistas
Efeito Musk: perfis de extrema-direita inundam o Twitter com insultos racistas
  • Os insultos foram registrados após Musk concretizar a compra do Twitter;

  • Mais de 50.000 tweets usando um insulto específico vieram de apenas 300 contas;

  • O bilionário já se autoproclamou “absolutista da liberdade de expressão".

Assim que Elon Musk assumiu o Twitter na quinta-feira passada, perfis identificados com a extrema direita celebraram o que disseram ser seu recém-recuperado direito à liberdade de expressão com postagens questionando a identidade de transgêneros, insultos raciais e outros termos depreciativos. O bilionário já se autoproclamou “absolutista da liberdade de expressão".

"As políticas do Twitter não mudaram. Conduta odiosa não tem lugar aqui. E estamos tomando medidas para acabar com um esforço organizado para fazer as pessoas pensarem que sim", tuitou o chefe de segurança e integridade da plataforma, Yoel Roth.

Roth disse que nas últimas 48 horas "vimos um pequeno número de contas postar uma tonelada de tweets que incluem insultos e outros termos depreciativos".

"Para lhe dar uma noção de escala: mais de 50.000 Tweets repetidamente usando um insulto específico vieram de apenas 300 contas", continuou ele.

"Quase todas" as contas são inautênticas, disse ele.

“Tomamos medidas para banir os usuários envolvidos nesta campanha de trollagem – e continuaremos trabalhando para resolver isso nos próximos dias para tornar o Twitter seguro e acolhedor para todos”.

Roth também retweetou um post de Musk no qual o chefe da Tesla reiterou que “ainda não fizemos nenhuma alteração nas políticas de moderação de conteúdo do Twitter”.

Musk prometeu reduzir a moderação de conteúdo, confiando mais em algoritmos de computador do que em monitores humanos. Os conservadores dizem que a moderação passada alvejou injustamente seus pontos de vista.

Contudo, os críticos a medida alertam que, sem padrões, a "praça da cidade digital" do mundo corre o risco de se tornar uma desinformação livre para todos, com consequências possivelmente perigosas para a democracia e a saúde pública.