Mercado fechará em 5 mins
  • BOVESPA

    119.622,58
    -1.013,81 (-0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.131,34
    -364,07 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,39
    +0,41 (+0,77%)
     
  • OURO

    1.868,40
    +28,20 (+1,53%)
     
  • BTC-USD

    34.978,17
    +578,20 (+1,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    690,51
    -10,10 (-1,44%)
     
  • S&P500

    3.851,02
    +52,11 (+1,37%)
     
  • DOW JONES

    31.170,02
    +239,50 (+0,77%)
     
  • FTSE

    6.740,39
    +27,44 (+0,41%)
     
  • HANG SENG

    29.962,47
    +320,19 (+1,08%)
     
  • NIKKEI

    28.523,26
    -110,20 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.270,25
    +284,75 (+2,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4349
    -0,0637 (-0,98%)
     

EDP Brasil fecha acordo para investir na Blue Sol, de geração solar distribuída

·1 minuto de leitura
Logo da EDP fotografado em Lisboa, Portugal

SÃO PAULO (Reuters) - A EDP Brasil assinou um acordo de investimentos na empresa de geração solar distribuída Blue Sol, com o objetivo de adquirir participação minoritária de até 40% do capital social da companhia, informou nesta segunda-feira a elétrica do grupo português EDP.

O acordo prevê que a EDP Brasil terá a opção, três anos e meio após a conclusão do negócio, de adquirir o controle da Blue Sol, que possui operações focadas no segmento B2C (empresa para consumidor) e 34 franquias distribuídas por 16 Estados do país, disse a companhia.

Segundo a EDP, a operação tem entre as principais metas o "acesso a uma rede de franquias em expansão", visando capilaridade nas vendas B2C, além da criação de uma opção de crescimento acelerado e de uma plataforma que pode servir clientes em diferentes regiões do país.

Neste ano, a Blue Sol vendeu mais de 17,5 megawatts-pico (MWp) de potência e registrou faturamento de 65 milhões de reais, acrescentou a EDP, destacando que a empresa acumulou 50 MWp instalados entre 2015 e 2020.

A conclusão da operação, prevista para o primeiro trimestre de 2021, está sujeita a condições precedentes comuns e a medidas de natureza societária e contratual.

"Com a presente transação, a EDP reforça seu compromisso de investimento no segmento de energia solar distribuída como uma das vertentes de crescimento da companhia", afirmou a elétrica.

(Por Gabriel Araujo)