Mercado abrirá em 6 h 29 min

Edmundo comenta tragédia do Ninho do Urubu e lembra de seu acidente: "Ninguém me defendeu"

(Foto: Reprodução Fox Sports)


Edmundo desabafou no Expediente Futebol do Fox Sports desta segunda-feira. O ex-jogador comparou o episódio em que torcedores do Fluminense gritaram ‘assassinos’ para o time do Flamengo ao seu acidente automobilístico que teve vítimas fatais em 1995.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

‘Já joguei no Japão, na Europa, e lá os atletas são respeitados. Aqui no Brasil é diferente, visto como vagabundo que ganha muito dinheiro. […] Há 24 anos eu passo por linchamento público. A torcida do Flamengo me chama de assassino toda vez que me vê. […]. Aí na semana passada, eles não puderam ser chamados de assassinos pela torcida do Fluminense, É um absurdo. Um atleta pode ser humilhado, uma instituição, não. É a mesma coisa! Eu nunca vi ninguém me defender. Eu não posso ir no amistoso do Zico no fim do ano que eu sou achincalhado pela torcida do Flamengo.[…] Nunca tive ninguém para me defender. Desculpem, eu me exaltei”.

Leia também:

Antes do desabafo, Edmundo criticou o árbitro que aplicou cartão amarelo a Neymar após o brasileiro tentar uma carretilha num jogo do PSG. Ele chegou a dizer que se a atitude do juiz fosse correta, Garrincha seria expulso todo jogo.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter