Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.767,62
    -2.304,17 (-6,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Edge 91 será o navegador com mais desempenho no Windows 10, afirma Microsoft

·1 minuto de leitura
Edge 91 será o navegador com mais desempenho no Windows 10, afirma Microsoft
Edge 91 será o navegador com mais desempenho no Windows 10, afirma Microsoft

A Microsoft pretende reivindicar o primeiro lugar no ranking de desempenho dos navegadores para desktop. A equipe responsável pelo navegador declarou nesta terça-feira (25) no blog oficial do Windows que a versão 91 do Edge, que será disponibilizada para todos ainda esta semana, será o navegador mais eficiente do momento no Windows 10.

Não é novidade que a companhia segue adicionando novos recursos ao sucessor do Internet Explorer, melhorando, por exemplo, o tempo de inicialização do browser. Em março, segundo o The Verge, a Microsoft chegou a declarar que a inicialização do seu navegador estava até 41% mais rápida.

Microsoft Edge
Versão 91 do Microsoft Edge será lançada esta semana com redução de até 82% no uso de memória RAM. Imagem: Wachiwit/Shutterstock

Outra função que apareceu este ano foi a suspensão das guias abertas. O recurso impede que guias em segundo plano consumam memória RAM e processamento.

Leia mais:

O Google, que lançou a versão 91 do Chrome esta semana, também não ficou para trás. A companhia de Mountain View está seguindo a mesma tendência, diminuindo gradativamente o consumo de RAM em seu navegador. Suas atualizações mais recentes incluíram até um novo alocador de memória mais avançado para melhorar o desempenho do browser.

Vale relembrar que desde 2020 o Edge é baseado no projeto Chromium, o navegador de código aberto desenvolvido pelo Google que também serve de base para o Chrome. Com isso, apesar da concorrência direta, a Microsoft e o Google trabalharam em melhorias para o mesmo projeto, o que também trará benefícios para outros navegadores como o Brave, Opera e o Vivaldi.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos