Mercado abrirá em 9 h 17 min
  • BOVESPA

    122.515,74
    +714,95 (+0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.869,48
    +1,16 (+0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,29
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.812,90
    -9,30 (-0,51%)
     
  • BTC-USD

    38.641,50
    -1.117,05 (-2,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    941,67
    -19,23 (-2,00%)
     
  • S&P500

    4.387,16
    -8,10 (-0,18%)
     
  • DOW JONES

    34.838,16
    -97,31 (-0,28%)
     
  • FTSE

    7.081,72
    +49,42 (+0,70%)
     
  • HANG SENG

    26.086,08
    -149,72 (-0,57%)
     
  • NIKKEI

    27.559,26
    -221,76 (-0,80%)
     
  • NASDAQ

    14.968,50
    +15,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1185
    -0,0256 (-0,42%)
     

EDF fecha contrato para operação e manutenção da termelétrica Marlim Azul

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - A EDF Norte Fluminense, subsidiária do grupo francês Electricité de France (EDF) no Brasil, fechou contrato com a Arke Energia para realizar a operação e manutenção da usina termelétrica Marlim Azul, em Macaé (RJ), pelos próximos dez anos, informou a empresa nesta quarta-feira.

Segundo nota divulgada pela companhia, este é o primeiro projeto de operação e manutenção da EDF Norte Fluminense em um ativo sem participação do grupo EDF no Brasil, já que a Arke é formada por Pátria Investimentos (com fatia de 50,1%), Shell (29,9%) e Mitsubishi Power (20%).

A termelétrica Marlim Azul é a primeira a utilizar gás do pré-sal brasileiro para a geração de eletricidade, tendo capacidade de 565 megawatts (MW).

"A Arke... veio para consolidar o novo mercado de gás. Nosso primeiro projeto, a UTE Marlim Azul, demonstra que é possível gerar energia elétrica a preços competitivos a partir do gás natural", disse o CEO da Arke, Bruno Chevalier.

Já o presidente da EDF Norte Fluminense, Emmanuel Delfosse, acredita que o contrato seja um "passo estratégico" na diversificação do portfólio da companhia. A termelétrica deve entrar em operação no final de 2022.

(Por Gabriel Araujo)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos