Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    -0,13 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    39.078,01
    +3.149,25 (+8,77%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    -1,50 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1923
    +0,0388 (+0,63%)
     

Edenilson admite cobrança interna após derrota no Gre-Nal

·1 minuto de leitura


O clima pesou dentro do Internacional após mais um revés para o Grêmio. O volante Edenilson, um dos líderes da equipe, usou palavras fortes na conversa com a imprensa na saída de campo e causou um grande tumulto no ambiente dentro do Beira-Rio.

+ Harry Kane faz pedido ao Tottenham, Corinthians busca novo técnico… O Dia do Mercado

Nesta segunda-feira, o camisa 8 voltou a falar com os jornalistas e garantiu que tudo foi acertado de maneira interna e espera uma reação do time para o próximo domingo.

‘Depois, no vestiário, a gente conversou, nos cobramos, conversamos. Resolvemos chegar aqui hoje (segunda-feira) para melhorar isso. É justamente esse tipo de cobrança que a gente teve. Ter mais comunicação. Esse fator que não tem torcida, a gente pode se comunicar, cobrar, incentivar mais. Às vezes, é isso que nos falta, essa concentração nos finais das partidas. Ela acaba resolvendo’, disse o volante.

Agora, com a derrota no clássico, o Internacional precisa vencer o Grêmio por dois gols de diferença para sair com a taça. Se vencer pela vantagem mínima, a disputa do troféu será na marca da cal.