Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.224,27
    +1.556,62 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.831,46
    -400,74 (-0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,98
    +1,55 (+1,81%)
     
  • OURO

    1.842,50
    +30,10 (+1,66%)
     
  • BTC-USD

    41.858,86
    +162,95 (+0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    995,98
    +1,23 (+0,12%)
     
  • S&P500

    4.563,30
    -13,81 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    35.208,25
    -160,22 (-0,45%)
     
  • FTSE

    7.589,66
    +26,11 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.181,00
    -25,00 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2000
    -0,1071 (-1,70%)
     

Ecorodovias pode iniciar queda livre!

·2 min de leitura

As ações da Ecorodovias realizaram um belo movimento de alta entre abril de 2019 e janeiro de 2020. Infelizmente com a pandemia a empresa perdeu mais de 50% do valor de mercado e depois da queda entrou em uma grande consolidação.

Conforme mostrado, a figura formada foi um triângulo simétrico. Geralmente essa é uma figura de reversão, mas a mesma foi rompida para baixo, o que deu impulso para uma nova queda.

As linhas tracejadas representam importantes suportes que o ativo criou em anos anteriores. Com a crise econômica gerada pela pandemia, as ações da Ecorodovias caíram até a região do suporte, que segurou o preço duas vezes. Com o movimento de queda após o rompimento do triângulo, o suporte foi testado novamente.

O suporte segurou o preço por várias semanas, mas em um forte movimento de baixa, o suporte foi rompido, abrindo caminho para a continuidade da queda.

Com a forte queda das últimas duas semanas, o ativo alcançou o primeiro alvo da consolidação formada sobre o suporte.

Observando o gráfico diário, é notado que o alvo vem se comportando como um suporte, segurando o preço por diversos dias. No entanto, a força vendedora continua pressionando o preço para baixo e hoje o suporte está sendo rompido.

Papel vai entra em queda livre?

Conforme mostrado no gráfico, o segundo alvo projetado pelo retângulo está justamente sobre o outro suporte que foi destacado pela linha tracejada.

Caso o suporte segure o preço, e um padrão de reversão seja formado, é provável que o ativo consiga fazer um movimento de alta para se afastar do fundo. Entretanto, se o suporte for perdido, o caminho estará livre para um novo movimento de queda.

Observando o gráfico mensal para verificar onde se encontra o próximo suporte, é visto que o fundo formado em janeiro de 2016 é a região de suporte mais evidente.

Caso o suporte da região dos R$6,70 seja perdido, o ativo terá caminho livre até a região dos R$2,90, que é onde se encontra o suporte de 2016.

No entanto, traçando os alvos do triângulo que foi rompido, é visto que o alvo de 100% está na região dos R$5,50. Normalmente o alvo de uma figura se comporta como um suporte para movimentos de queda. Assim, também é possível que o ativo caia até essa região de preços e consiga subir na sequência.

De qualquer forma, o cenário não está propício para a empresa. A menos que algo muito bom aconteça, como um ótimo resultado do quarto trimestre, por exemplo, é esperado que o preço das ações continue caindo.

This article was originally posted on FX Empire

More From FXEMPIRE:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos