Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,18
    -0,12 (-0,16%)
     
  • OURO

    1.747,90
    -1,90 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    44.679,37
    +1.434,58 (+3,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.119,60
    +10,68 (+0,96%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.510,98
    +289,44 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    30.132,95
    +493,55 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    15.320,00
    +16,50 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2281
    +0,0031 (+0,05%)
     

Economistas elevam projeção de inflação após nova bandeira

·1 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Com as contas de luz mais caras devido à crise hídrica, economistas elevam as previsões para a inflação.

Na terça-feira, o Ministério de Minas e Energia anunciou uma nova bandeira para as tarifas de energia, chamada escassez hídrica, que irá vigorar até 30 de abril de 2022. A bandeira foi elevada para R$ 14,20 a cada 100 kwh e o aumento na conta de luz será de 6,79%.

O Bank of America foi um dos primeiros a revisar sua previsão para a inflação deste ano - de 7% para 7,75% -, citando os preços mais altos da energia como o principal fator para a decisão.

“Mas outras pressões permanecem”, disse em entrevista David Beker, economista do BofA, que também destacou o aumento dos custos de alimentação e transporte.

Da mesma forma, a XP Investimentos agora projeta a inflação de 2021 em 7,7%, acima da estimativa anterior de 7,3%. E o Banco Santander avalia revisar sua projeção para 8%, já que a decisão do governo aumenta o “viés de alta” existente para o aumento dos preços no país.

No longo prazo, o risco é de que as tarifas extras da energia elétrica sejam mantidas por mais tempo caso o volume de chuvas não melhore, de acordo com Vinicius Moreira e Cassiana Fernandez, economistas do JPMorgan Chase, cuja previsão é de inflação de 7,5% este ano.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos