Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,90 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,75 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +11,40 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    19.282,87
    -52,24 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,86 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,11 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,38 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    -0,75 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5561
    +0,0505 (+0,92%)
     

Economia do Peru cresce 3,79% em março, com mineração afetada por protestos

LIMA (Reuters) - A economia do Peru cresceu 3,79% em março em comparação com o ano anterior, disse a agência de estatísticas do país neste domingo, com a maioria dos setores da economia mostrando melhora, enquanto a principal indústria do país, da mineração, encolheu devido a conflitos sociais que afetaram a produção.

O Peru é o segundo produtor mundial de cobre, mas protestos das comunidades indígenas dos Andes exigindo maiores benefícios da indústria de mineração afetaram a produção.

Em março, a mina de cobre Cuajone, da Southern Copper Corp, teve sua atividade interrompida durante o mês.

O crescimento econômico de março é inferior aos 4% que o banco central havia previsto em uma entrevista coletiva na última sexta-feira.

O Ministério das Finanças do Peru espera que a economia cresça 3,6% em 2022.

(Por Marco Aquino e Marcelo Rochabrun)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos