Mercado fechará em 6 h 49 min
  • BOVESPA

    126.285,59
    0,00 (0,00%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,62
    +0,23 (+0,32%)
     
  • OURO

    1.824,10
    +24,40 (+1,36%)
     
  • BTC-USD

    39.771,34
    -150,53 (-0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    933,37
    +3,44 (+0,37%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.084,61
    +67,98 (+0,97%)
     
  • HANG SENG

    26.315,32
    +841,44 (+3,30%)
     
  • NIKKEI

    27.782,42
    +200,76 (+0,73%)
     
  • NASDAQ

    14.993,75
    -17,75 (-0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0390
    -0,0195 (-0,32%)
     

Economia da Turquia crescerá 5,5% em 2021 com aumento do turismo, diz Berd

·1 minuto de leitura
Distrito financeiro ed Levent, em Istambul

Por Jonathan Spicer e Can Sezer

ISTAMBUL (Reuters) - A economia da Turquia deve crescer 5,5% este ano, ritmo um pouco maior que o esperado, informou o Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (Berd) nesta terça-feira, mencionando a forte recuperação da pandemia e os sinais de crescimento do turismo.

O Berd havia projetado anteriormente um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 5%. O banco informou em seu relatório mais recente que a economia deve crescer 4% em 2022.

A Turquia foi uma das poucas economias mundiais que evitaram uma contração econômica no ano passado, com a pandemia de Covid-19, em grande parte devido ao aumento agressivo do crédito. O país cresceu 7% ante o ano anterior no primeiro trimestre e o governo espera um crescimento de 20% no segundo.

O presidente Tayyip Erdogan apontou os meses de julho ou agosto para um possível afrouxamento da política monetária, colocando pressão sobre a lira, que está perto de sua mínima histórica.

"Como estamos vendo uma recuperação econômica bastante forte agora, pode haver menos pressão do presidente Erdogan para cortar os juros em julho ou agosto. Ele pode estar um pouco mais relaxado sobre isso agora", disse Roger Kelly, economista chefe regional do Berd.

"Haverá condições para afrouxamento" em setembro, acrescentou.

O Banco Mundial espera um crescimento econômico de 5% este ano, impulsionado pela recuperação das exportações na Turquia. O banco JP Morgan subiu sua projeção na semana passada para 6,8%, mencionando as vacinações contra a Covid-19 no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos