Mercado abrirá em 5 h 39 min
  • BOVESPA

    129.264,96
    +859,61 (+0,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.315,69
    -3,88 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,52
    -0,14 (-0,19%)
     
  • OURO

    1.781,10
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    32.629,29
    -411,55 (-1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    783,58
    -66,77 (-7,85%)
     
  • S&P500

    4.224,79
    +58,34 (+1,40%)
     
  • DOW JONES

    33.876,97
    +586,89 (+1,76%)
     
  • FTSE

    7.079,64
    +17,35 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    28.411,34
    -77,66 (-0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.117,25
    -12,75 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9719
    -0,0034 (-0,06%)
     

Economia da Alemanha fraqueja no 1º tri com aumento da poupança em meio a restrições por Covid-19

·1 minuto de leitura
Visão geral da rua "Grosse Bergstrasse" em Haburgo, Alemanha, durante lockdown

Por Michael Nienaber

BERLIM (Reuters) - A economia da Alemanha encolheu mais do que o esperado no primeiro trimestre uma vez que as restrições relacionadas ao coronavírus levaram as famílias a colocar mais dinheiro do que nunca na poupança, mostraram dados nesta terça-feira.

A maior economia da Europa contraiu 1,8% em relação ao trimestre anterior e 3,1% na comparação anual, disse a Agência Federal de Estatísticas. As expectativas em pesquisa da Reuters eram respectivamente de quedas de 1,7% e 3,0%, e as leituras foram significativamente mais fracas do que a média da zona do euro.

A renda disponível para as famílias alemãs aumentaram ligeiramente uma vez que o governo injetou bilhões de euros em esquemas de proteção ao emprego e auxílios em dinheiro. Mas as contenções ligadas às medidas para restringir a pandemia também dificultaram os gastos.

"A queda no consumo é colossal", disse o economista do VP Bank Group Thomas Gitzel.

Os gastos das famílias recuaram 5,4% na comparação trimestral, enquanto a taxa de poupança subiu a um recorde de 23,2%.

Os investimentos das empresas em maquinário e equipamentos caiu ligeiramente, embora a atividade de construção tenha subido.

O dado trimestral do PIB da Alemanha se compara com uma média da zona do euro de queda de 0,6%. Na França houve crescimento de 0,4%, enquanto a economia dos Estados Unidos --cujo programa de vacinação tem avançado mais rapidamente-- cresceu 1,6%.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2984)) REUTERS CMO

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos