Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    46.525,96
    -170,14 (-0,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Economia brasileira deve piorar ainda mais, diz pesquisadora

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Economia deve piorar, na opinião de pesquisadora. (Foto: Getty Images)
Economia deve piorar, na opinião de pesquisadora. (Foto: Getty Images)

A pesquisadora Laura Karpuska, da Fundação Getulio Vargas (FGV), avalia que é improvável que a economia brasileira melhore neste ano. Pior: a situação deve se deteriorar ainda mais, segundo a análise da cientista econômica.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

“Será muito difícil a economia não piorar”, disse em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo. Ela aponta a falta de foco do governo no combate à pandemia como um dos principais entraves do momento para a recuperação da atividade econômica.

Leia também:

"Para pensarmos em retomada, tem de haver confiança no ambiente político, mas, nesse ambiente, faltam prioridades e um plano de ação. Isso tem impacto na economia”, disse ao Estadão.

“A pandemia deixou claro que, quando a gente sofre um choque dessa magnitude, o papel do governo é fundamental”, disse Karpuska. “O mercado vem revisando para baixo suas expectativas de PIB e acho que isso é coerente com o fato de que vemos um governo com dificuldade de organizar prioridades, não só orçamentárias, mas de forma ampla, de estabelecer um plano de ação. A gente passou, no começo da pandemia, por uma dificuldade de criar um plano de testes e de rastreamento. Isso agora culminou no fato de que não temos um plano de vacinação claro. O governo não fez um debate aberto e não houve uma busca organizada pela vacina.”

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube