Mercado fechará em 2 h 5 min

Ecommerce de comida avança, mas consumidor ainda prefere supermercado, diz pesquisa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mais de 80% dos consumidores de supermercados entrevistados no novo levantamento da Dunnhumby compram alimentos e produtos para a casa nos canais digitais, porém somente 37% do que é gasto no mês é feito online, ou seja, o ecommerce ainda serve mais para reposições pontuais e compras de conveniência, segundo a pesquisa.

As lojas físicas seguem como formato de compra preferido, de acordo com o IPCon (índice de preferência do consumidor), feito pela Dunnhumby com 10 mil consumidores sobre 47 redes supermercadistas do Brasil.

O supermercado é o formato de loja mais visitado no decorrer do mês, com 84% de indicação dos consumidores, porém o levantamento aponta que os clientes também frequentam outros formatos como hipermercados (61%), mercearias (57%), atacarejos e sites (ambos com 41%) para escolher o que se adequa melhor à necessidade do momento.