Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.399,91
    +2.506,59 (+2,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.895,63
    +1.116,76 (+2,67%)
     
  • PETROLEO CRU

    44,26
    -0,29 (-0,65%)
     
  • OURO

    1.816,60
    -2,30 (-0,13%)
     
  • BTC-USD

    18.798,38
    -601,39 (-3,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    371,42
    -8,44 (-2,22%)
     
  • S&P500

    3.662,45
    +40,82 (+1,13%)
     
  • DOW JONES

    29.823,92
    +185,28 (+0,63%)
     
  • FTSE

    6.384,73
    +118,54 (+1,89%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.455,00
    +2,75 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3068
    -0,0544 (-0,86%)
     

EA tem trimestre fiscal em queda, mas espera fechar 2020 da pandemia no azul

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

A empresa de entretenimento eletrônico Electronic Arts (EA) registrou queda anual de 14% no seu faturamento no último trimestre de 2020, com fim em 30 de setembro. A companhia apresentou seus resultados financeiros na última quinta-feira (5), somando US$ 1,15 bilhão nos três meses recentes.

Um dos principais pontos da companhia ainda está na dependência dos seus sistemas de compras internas (in-app) e serviços. Do total, apenas US$ 282 milhões vieram de venda de jogos. Quase o triplo disso, US$ 869 milhões, veio de microtransações, itens cosméticos em games; além de assinantes do EA Play, os quais somam 6,5 milhões de pessoas.

<em>Resultados financeiros da EA no trimestre (Foto: Divulgação/EA)</em>
Resultados financeiros da EA no trimestre (Foto: Divulgação/EA)

Apesar da queda trimestral, a EA ainda tem um ano azul para comemorar. A companhia soma US$ 5,59 bilhões nos últimos 12 meses, com crescimento de 9,95% no comparativo anual. Segundo o relatório, o bom período é direcionado ainda por conta de aumento de 30% no número de jogadores de Madden NFL 21 e da boa recepção da nova temporada de Apex Legends, sobretudo no continente asiático.

“Todos nossos estúdios continuam trabalhando incrivelmente bem e permitindo o lançamento de oito dos jogos na liderança da indústria desde o início do ano fiscal; enquanto continuamos com conteúdos de serviços em tempo real e expansão para novas plataformas”, informou o diretor financeiro da empresa, Blake Jorgensen.

Um dado em destaque pela empresa é de que FIFA 2020 já alcançou 35 milhões de jogadores, somando consoles e PC Windows 10. Ainda, a companhia destaca que os números do período podem ser menores que o esperado, pois o novo FIFA foi lançado depois do habitual. Assim, as vendas devem refletir em crescimento no próximo trimestre fiscal.

A expectativa da EA é de fechamento de ano com receita de US$ 5,6 bilhões, o que é abaixo do esperado pelo mercado. A companhia reconhece isso, dizendo que 2020 é um ano atípico por conta da COVID-19; e que prefere ser menos agressiva nas projeções.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: