Mercado fechará em 5 h 54 min
  • BOVESPA

    98.273,33
    -268,62 (-0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.616,16
    +91,71 (+0,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,72
    +1,96 (+1,85%)
     
  • OURO

    1.793,80
    -13,50 (-0,75%)
     
  • BTC-USD

    19.453,65
    +565,58 (+2,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    418,49
    -1,65 (-0,39%)
     
  • S&P500

    3.793,02
    +7,64 (+0,20%)
     
  • DOW JONES

    30.802,76
    +27,33 (+0,09%)
     
  • FTSE

    7.205,95
    +36,67 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.584,25
    +54,75 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5347
    +0,0291 (+0,53%)
     

Gigante dos games, EA quer ser vendida, mas não encontra comprador

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
EA: Eletronic Arts estaria em busca de uma fusão com outras gigantes da tecnologia após fusão da Microsoft com a Activision Bliizard (Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
EA: Eletronic Arts estaria em busca de uma fusão com outras gigantes da tecnologia após fusão da Microsoft com a Activision Bliizard (Omar Marques/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Companhia já teria explorado fusões com a Comcast/NBCUniversal, Apple e Amazon;

  • Reuniões com a Disney tem se mostrado promissoras para a EA;

  • Distribuidora possui alguma das maiores franquias de jogos, como Battlefield, The Sims e Mass Effect.

A distribuidora de jogos eletrônicos, Electronic Arts (EA), vem tendo reuniões com outras empresas para ser adquirida, aponta o portal de notícias Puck, especializado nos bastidores de grandes cenários financeiros como Wall Street, Vale do Silício e Hollywood.

A empresa, que é dona de grandes franquias de videogames como Mass Effect, Need for Speed, Battlefield, Dragon Age e The Sims já teria se encontrado com representantes da Comcast/NBCUniversal, da Amazon, da Apple e da Disney nos últimos anos. Nenhum acordo de fusão ou aquisição ainda foi feito.

De acordo com o Puck, as reuniões com a Disney aconteceram em março deste ano, enquanto as conversas com a Comcast/NBCUniversal são mais antigas, se prolongando por semanas. Nesta última, uma fusão teria sido sugerida entre as empresas, com o diretor executivo da EA, Andrew Wilson, ficando no comando. Infelizmente, divergências entre os valores e a estrutura da empresa pós fusão impediram o acordo de ser finalizado.

Rumores de funcionários da Eletronic Arts afirmam que a empresa ainda busca um novo parceiro, especialmente após a fusão entre a Microsoft e a Activision Blizzard, que criou um dos maiores conglomerados da indústria de jogos eletrônicos. Hoje em dia a EA possui um valor de mercado estimado em US$ 36 bilhões, ou por volta de R$ 180 bilhões na conversão atual.

Além das franquias já citadas, a EA possui uma forte presença no mundo das séries esportivas como o FIFA (que se chamará EA Sports FC), Madden, NHL e o UFC, tornando a empresa uma das maiores competidoras no mercado. Atualmente, de acordo com a Puck, as negociações andam mais avançadas com a Disney, com quem a empresa já tem um contrato para o desenvolvimento e distribuição dos jogos da série Star Wars.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos