Mercado abrirá em 4 h 2 min
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,96 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,60 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,38
    -0,24 (-0,22%)
     
  • OURO

    1.841,00
    +10,70 (+0,58%)
     
  • BTC-USD

    21.420,10
    -27,01 (-0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    467,20
    +13,30 (+2,93%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,28 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.262,59
    +53,78 (+0,75%)
     
  • HANG SENG

    22.229,52
    +510,46 (+2,35%)
     
  • NIKKEI

    26.871,27
    +379,30 (+1,43%)
     
  • NASDAQ

    12.227,00
    +86,50 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5367
    -0,0157 (-0,28%)
     

E os golfinhos, que bebem xixi uns dos outros? Entenda por que isso acontece

Animais sempre nos surpreendem com comportamentos fora do convencional, como as formigas, que vomitam umas nas outras. Um estudo publicado no último dia 18 na revista Science Advances lança luz sobre um hábito pouco conhecido entre golfinhos: beber xixi. Mas por que, exatamente, isso acontece?

Segundo o estudo, esse é o método pelo qual os golfinhos reconhecem seus amigos. A interação também acompanha uma troca de assobios que são exclusivos de indivíduos específicos, semelhante aos nomes utilizados pelos seres humanos, e a relação de amizade desses animais é manifestada através do paladar.

Nesse novo artigo, os pesquisadores usaram uma técnica chamada multimodal, que envolve experimentos destinados a testar se um animal pode reconhecer um objeto ou outro animal através de várias pistas recebidas de diferentes sentidos.

Na prática, os golfinhos nadam nos rastros de urina de outros golfinhos, com a boca aberta, em busca de informações sociais, o que os cientistas descrevem como algo "semelhante a um cachorro farejando um hidrante", por exemplo. A única diferença está no sentido utilizado. Enquanto cachorros usam o olfato, os golfinhos usam o paladar, já que os cetáceos não têm bulbos olfativos (zonas do cérebro, responsáveis pelas impressões olfativas transmitidas).

Golfinhos bebem xixi uns dos outros (Imagem: nualaimages/envato)
Golfinhos bebem xixi uns dos outros (Imagem: nualaimages/envato)

Para testar essas interações sensoriais, os pesquisadores expuseram golfinhos a gravações de assobios e amostra de urinas de outros indivíduos da espécie. Quando essas amostras davam match com os sons, os golfinhos ouvintes passavam mais perto dos alto-falantes. Esse comportamento indicou que eles podem reconhecer quando o paladar e o som vêm do mesmo indivíduo.

Estudos futuros podem investigar os mecanismos por trás dessa habilidade recém-descoberta dos golfinhos. A teoria, por enquanto, é que a identificação acontece através do reconhecimento lipídico.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos