Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.811,74
    +1.141,84 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.352,18
    -275,49 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,70
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.733,10
    +0,40 (+0,02%)
     
  • BTC-USD

    59.967,74
    +197,78 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.288,55
    -6,03 (-0,47%)
     
  • S&P500

    4.127,99
    -0,81 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    33.745,40
    -55,20 (-0,16%)
     
  • FTSE

    6.889,12
    -26,63 (-0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.453,28
    -245,52 (-0,86%)
     
  • NIKKEI

    29.538,73
    -229,33 (-0,77%)
     
  • NASDAQ

    13.827,75
    +19,00 (+0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8308
    +0,0666 (+0,98%)
     

É fake: Paulo Guedes não gastou R$ 120 mil com Viagra

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Economy Minister Paulo Guedes talks with the foreign media in Rio de Janeiro, Brazil, Friday, Sept. 13, 2019. Guedes said that the Brazilian economy might start to pick up on 2022 when President Bolsonaro leaves office. (AP Photo/Silvia Izquierdo)
A verdade, porém, é que não passou de uma brincadeira de um usuário do Twitter (Foto: AP Photo/Silvia Izquierdo)

Circulou nas redes sociais, na manhã desta terça-feira (2), uma imagem de uma suposta denúncia contra o ministro da Economia Paulo Guedes. Na "fake news", que viralizou e virou um dos assuntos mais comentados na internet, Guedes era a cusado de gastar R$ 120 mil com o medicamento. A verdade, porém, é que não passou de uma brincadeira de um usuário do Twitter.

Na imagem, era possível ver a chamada de um programa da emissora CNN Brasil onde a manchete dizia que o ministro do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) gastou R$120 mil na compra de Viagra. A postagem foi compartilhada milhares de vezes.

Leia também

"Polêmica no Planalto: Paulo Guedes gasta R$ 120 mil com Viagra. Ministério Público pede investigação", dizia o texto supostamente denunciando o ministro. 

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O autor do boato até tinha avisado minutos antes que publicaria "notícias falsas sugeridas por seguidores". No entanto, muitos internautas acabaram compartilhando a "fake news" e manifestando indignação com a suposta compra de Viagra.

"Meu Deus, a CNN agora!", escreveu um usuário. Em uma outra publicação, que falava sobre as mortes da Covid-19 no Brasil, outro usuário digitou, revoltado: "E o Paulo Guedes gastando grana com Viagra".

Não faltou, porém, brincadeiras com o boato. Parte da internet aproveitou o momento para alfinetar o governo. "Com a economia meia-bomba, governo compra viagra numa tentativa de retomar o crescimento", escreveu um designer gráfico. 

"O PIB do Paulo Guedes não sobe nem com 120 mil reais em viagra", disse uma usuária, em alusão ao Produto Interno Bruto do Brasil, que caiu 4,1% em 2020, segundo divulgou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foi o maior recuo desde que essa série histórica começou, em 1996.