Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.792,30
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    37.761,75
    +729,83 (+1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

E-commerces faturam R$ 4,5 bilhões no Natal de 2021

·1 min de leitura
Valor é 21% maior em relação as vendas de 2020, de acordo com dados apurados pela NielsenIQ Ebit. (Getty Imagens)
Valor é 21% maior em relação as vendas de 2020, de acordo com dados apurados pela NielsenIQ Ebit. (Getty Imagens)
  • Vendas por meio eletrônico alcançam quantia 14% maior em comparação a 2020

  • Número de vendas online cresceram 45% em relação ao natal de 2020.

  • E-commerce representa 2,2% do total de vendas do período, segundo associação

De acordo com o levantamento da NielsenIQ Ebit, as vendas entre 10 e 24 de dezembro somaram R$ 4,5 bilhões de reais. O valor é 21% maior se comparado com a mesma época de 2020. Os resultados indicam que o brasileiro está gastando mais.

O valor médio das compras ficaram em R$ 489. Com aumento de 46% e 43%, respectivamente, os setores de esporte e brinquedos marcaram o maior faturamento nos e-commerce.

Leia também:

Foram mais de nove milhões de pedidos, 14% a mais em relação ao natal de 2020. Os segmentos com maiores altas no número de pedidos foram eletrodomésticos com alta de 61% e esporte e alimentos e bebidas com um acréscimo de 44%.

As vendas online cresceram 45% em relação ao natal de 2020.

Venda física

Mesmo com o crescimento das vendas por meios digitais o consumidor prefere "bater perna". As vendas em lojas físicas representam 97,2% sobre o valor movimentado na época de natal, de acordo com a Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping).

Segundo as estimativas, os shopping centers receberam cerca de 123,7 milhões de clientes que juntos movimentaram R$ 204 bilhões neste natal.

O natal de 2021 apresenta um crescimento de 58%, se comparado às festividades de 2020, no entanto fica 3,5% abaixo das vendas de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos