Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.647,99
    +1.462,52 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +658,14 (+1,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,66
    +1,35 (+1,66%)
     
  • OURO

    1.768,10
    -29,80 (-1,66%)
     
  • BTC-USD

    61.577,64
    +2.404,69 (+4,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.464,06
    +57,32 (+4,07%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +33,11 (+0,75%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +382,20 (+1,09%)
     
  • FTSE

    7.234,03
    +26,32 (+0,37%)
     
  • HANG SENG

    25.330,96
    +368,37 (+1,48%)
     
  • NIKKEI

    29.068,63
    +517,70 (+1,81%)
     
  • NASDAQ

    15.144,25
    +107,00 (+0,71%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3297
    -0,0741 (-1,16%)
     

E-commerce cresceu 32,8% em relação a 2018

Nesta quinta-feira (11), a Social Miner — empresa que une dados de consumo, tecnologia e humanização para ajudar sites a otimizarem seus resultados — divulgou um relatório da Black Friday 2019, com foco na performance dos e-commerces e no perfil do público da data. Segundo o estudo, o varejo digital faturou R$ 11,95 bilhões em novembro deste ano, o que representa um crescimento de 32,8% em relação ao mesmo período em 2018. Além disso, tendo em mente a variação no volume de vendas registradas no segundo semestre de 2019, novembro aparece no topo, com representatividade de 28,29%, sendo seguido por agosto, com 18,74%; setembro, com 18,19%; outubro, com 17,9%; e julho com 16,88%.

A própria Black Friday representou 20,69% das vendas realizadas em novembro, sendo que a representatividade média dos demais dias deste mês foi de 2,73%. A pesquisa revela ainda que, das regiões brasileiras, o Sudeste concentrou o maior tráfego nos e-commerces no último mês, representando 63,74% das visitas aos sites. Em seguida, aparecem as regiões Sul e Nordeste, com 16,08% e 12,26%, respectivamente, enquanto o Centro-Oeste, com 5,86%, e o Norte, com 2,06%, foram responsáveis pelos menores índices de tráfego.

E-commerce cresceu 32,8% em relação a 2018, segundo relatório
E-commerce cresceu 32,8% em relação a 2018, segundo relatório

Já o valor do frete saiu, em novembro de 2019, em média a R$ 17,90 para o consumidor, caindo 15,6% em relação ao mesmo período de 2018, enquanto o ticket médio subiu, com variação de 2,6%, de R$ 455,60 em novembro de 2018, para R$ 467,30 em 2019. Por fim, segundo dados da base da Octadesk — sistema inteligente para a gestão de atendimento e relacionamento com clientes — em novembro de 2018, 66,31% dos consumidores optaram por buscar atendimento junto às empresas através do telefone, mas em 2019 esse número caiu para 43,33%, enquanto outros canais como e-mail e chat ganharam representatividade, passando de 22,26% para 34,87% e de 11,41% para 21,79% de um ano para o outro, respectivamente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos