Mercado abrirá em 4 h 58 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,88
    +0,61 (+0,92%)
     
  • OURO

    1.870,40
    +2,80 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    45.212,48
    -56,87 (-0,13%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.258,22
    +60,31 (+5,03%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.071,23
    +38,38 (+0,55%)
     
  • HANG SENG

    28.561,03
    +366,94 (+1,30%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.411,75
    +108,25 (+0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4277
    +0,0178 (+0,28%)
     

DXOMARK: Galaxy S21+ com Exynos tem boas câmeras, mas não se destaca

Renan da Silva Dores
·3 minuto de leitura

Ao lado dos irmãos Galaxy S21 e S21 Ultra, o Galaxy S21+ é o atual topo de linha da Samsung. A linha foi anunciada em janeiro trazendo visual renovado, módulo de câmeras que se integra à armação dos dispositivos, câmeras atualizadas e hardware potente, com variantes que trazem o Snapdragon 888 da Qualcomm para os EUA e China, e que estrearam o Exynos 2100 para o restante do mundo.

Com mudanças pontuais que cortaram alguns recursos e adicionaram outros, o Galaxy S21+ é o modelo mais equilibrado dos três, não atingindo os altos preços do Ultra, mas adicionando tecnologias premium em comparação ao modelo padrão. A tela conta com painel Dynamic AMOLED 2X de 120 Hz, mas é limitada a Full HD+. Em contrapartida, a bateria subiu dos 4.500 mAh do S20+ para mais generosos 4.800 mAh.

Nesta semana, a versão Exynos do topo de linha sul-coreano chegou às mãos dos engenheiros do DXOMARK, que analisaram o desempenho de suas câmeras. Apesar de boas, as lentes do Galaxy S21+ Exynos não se destacam, e até mesmo apresentam inconsistências ausentes em rivais. Com 116 pontos, o aparelho passa longe do top 10 e basicamente empata com o Galaxy S21 Exynos.

Exposição precisa, mas forte presença de ruído

O Galaxy S21+ é equipado com três câmeras traseiras, com sensor principal de 12 MP, telefoto de 64 MP com zoom óptico de 1.1x e híbrido de 3x, e ultra wide também de 12 MP com campo de visão de 120º. Segundo o DXOMARK, o aparelho apresenta exposição precisa em fotos, balanço de branco neutro e tons de pele naturais.

Samsung Galaxy S21+ (Imagem: Divulgação/Samsung)
Samsung Galaxy S21+ (Imagem: Divulgação/Samsung)

Além disso, o telefone tem ampla profundidade de campo para fotos em grupo, estimativa de profundidade e efeito blur precisos no modo retrato, campo de visão amplo na lente ultra wide, amplo alcance dinâmico e exposição precisa em vídeos, além de foco automático rápido em gravações.

No entanto, os especialistas apontam como problemas a instabilidade de exposição em fotos e a grande presença de ruído, especialmente em baixa luz. Fora isso, o nível de detalhes é relativamente baixo, especialmente no modo retrato e ao usar o zoom, as cores dos vídeos têm pouca saturação, e os detalhes nas sombras são perdidos em gravações em baixa luz.

Exemplos de fotos

O Galaxy S21+ com Exynos tem exposição precisa e cores neutras (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
O Galaxy S21+ com Exynos tem exposição precisa e cores neutras (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
À noite, o modo retrato tem boa exposição, mas acaba sofrendo com ruído e perda de detalhes (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
À noite, o modo retrato tem boa exposição, mas acaba sofrendo com ruído e perda de detalhes (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
A lente ultra wide tem campo de visão bastante amplo (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
A lente ultra wide tem campo de visão bastante amplo (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Aparleho sofre com mudanças de cor em ambientes muito iluminados (Imagem: Reprodução/DXOMARK)
Aparleho sofre com mudanças de cor em ambientes muito iluminados (Imagem: Reprodução/DXOMARK)

Exemplos de vídeos

Samsung Galaxy S21+ Exynos: satisfatório, mas abaixo de rivais

Para os engenheiros do DXOMARK, o Galaxy S21+ com Exynos entrega performance satisfatória, com boas cores e exposição precisa apesar do ruído e do estouro de pontos muito luminosos. O desempenho em vídeo decepciona, especialmente em virtude da forte presença de ruído nas gravações.

Ainda assim, no geral, o aparelho é uma opção interessante, especialmente para quem busca uma opção com tela maior do que o Galaxy S21 tradicional, que entrega basicamente a mesma performance de câmera. Você confere a análise na íntegra neste link.

Samsung Galaxy S21+: ficha técnica

  • Tela: 6,7 polegadas Dynamic AMOLED 2X, Full HD+, 120 Hz, Gorilla Glass Victus

  • Chipset: Qualcomm Snapdragon 888 (EUA e China) ou Samsung Exynos 2100 (Global)

  • Memória RAM: 8 GB

  • Armazenamento interno: 128 GB ou 256 GB

  • Câmera traseira: 12 MP (principal, f/1.8) + 12 MP (ultra wide, f/2.2, 120º) + 64 MP (telefoto, f/2.0, zoom óptico de 1.1x, híbrido de 3x)

  • Câmera frontal: 10 MP (f/2.2)

  • Dimensões: 161,4 x 75,6 x 7,8 mm

  • Peso: 202 gramas

  • Bateria: 4.800 mAh com recarga rápida de 25 W

  • Extras: IP68, Wireless PowerShare, ANT+, DeX, Modo Criança, Segurança de Dados Knox, Geo-Tagging, Função de Sincronização, Dual SIM

  • Cores disponíveis: Prata, Preto, Roxo

  • Sistema operacional: Android 11, sob a One UI 3.1

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: