Mercado fechado

Dwayne Johnson adia lançamento de tênis em protesto antirracismo

·1 minuto de leitura
Dwayne "The Rock" Johnson
Dwayne "The Rock" Johnson

(Reuters) - O ator Dwayne "The Rock" Johnson disse nesta quinta-feira que estava adiando o lançamento de seus novos tênis em colaboração com a Under Armour para protestar contra a injustiça racial.

A decisão do lutador que virou astro de cinema ocorre após os disparos policiais contra Jacob Blake, um homem negro, na cidade de Kenosha, no Estado norte-americano de Wisconsin, no domingo.

"Por respeito a Jacob Blake e sua família, adiaremos nosso lançamento do PR3 hoje", tuitou Johnson.

"Inacreditável que estamos aqui de novo. 7 tiros. Nas costas. Na frente de seus filhos. Não há progresso sem humanidade."

Os disparos contra Blake provocaram três noites de protestos que incluíram uma onda de incêndio criminoso, vandalismo generalizado e um tiroteio que deixou dois mortos.

O incidente também gerou protestos de muitos esportistas, incluindo NBA, Major League Baseball e Major League Soccer, que adiaram jogos, enquanto a bicampeã de Grand Slam Naomi Osaka se retirou de um torneio de tênis após chegar às semifinais.

Johnson, que é um dos atores mais bem pagos do mundo, fez uma parceria com a Under Armour em 2016 para projetar uma linha de roupas esportivas chamada 'Project Rock'. Eles lançariam uma nova linha de tênis nesta quinta-feira.

A Under Armour não respondeu imediatamente ao pedido de comentários da Reuters.

(Reportagem de Aishwarya Venugopal em Bengaluru)