Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,42
    -0,55 (-0,76%)
     
  • OURO

    1.751,50
    +0,10 (+0,01%)
     
  • BTC-USD

    47.219,17
    -635,14 (-1,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.181,10
    -44,43 (-3,63%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.315,58
    -605,18 (-2,43%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.297,75
    -28,25 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1908
    -0,0086 (-0,14%)
     

Duolingo incrementa uso de inteligência artificial para personalizar aprendizado

·2 minuto de leitura

Um dos principais apps de ensino de línguas estrangeiras à distância, o Duolingo investe em novidades para tornar o aprendizado mais divertido e eficaz. É o caso, por exemplo, da inteligência artificial produzida pela companhia para oferecer uma experiência personalizada para usuário.

Chamada de Birdbrain, ela é capaz de adaptar os conteúdos conforme o nível de aprendizado do aluno. Segundo o Duolingo, essa técnica gera mais engajamento, porque incentiva a revisão de materiais e otimiza o tempo ao não entregar nada que esteja acima ou abaixo do conhecimento.

Com a IA, os exercícios são entregues sob medida (Imagem: Reprodução/Duolingo)
Com a IA, os exercícios são entregues sob medida (Imagem: Reprodução/Duolingo)

O Birdbrain faz um cruzamento de dados entre o tipo de material a ser exibido e os exercícios anteriores concluídos pela pessoa. A ideia é que tudo funcione de modo escalonado: quanto mais exercícios difíceis forem superados com êxito, mais o nível do idioma vai subir, de forma ponderada, para evitar um possível desestímulo no aprendizado.

A plataforma explica que a IA é um complemento de um sistema algoritmo que cria lições a partir de um amplo conjunto de exercícios em perspectiva. Esse mecanismo complexo considera o nível de dificuldade de cada atividade com base no percentual de acertos e erros dos níveis.

Investimento em novas formas de aprender

Em evento realizado na última sexta-feira (20), o Duolingo também anunciou um novo componente de texto e fala, desenvolvido em parceria com a Microsoft, que dará vida a uma nova dimensão de entretenimento. A ideia é personalizar ainda mais a experiência na plataforma, juntamente com os demais recursos e o podcast, lançado recentemente no Brasil.

Dados da plataforma revelam que os alunos com aulas construídas com o Birdbrain tiveram um percentual menor de evasão do app, pois se sentiram mais estimulados a continuar. Isso foi feito de forma experimental com alguns usuários ao longo de 2020, mas agora deve chegar para os demais e com mais questões entregues sob medida.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos