Mercado abrirá em 9 h 29 min
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,51 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.126,51
    +442,96 (+0,99%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,68
    -0,09 (-0,17%)
     
  • OURO

    1.857,70
    +2,50 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    32.454,76
    +86,48 (+0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    656,50
    -20,40 (-3,01%)
     
  • S&P500

    3.855,36
    +13,89 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    30.960,00
    -36,98 (-0,12%)
     
  • FTSE

    6.638,85
    -56,22 (-0,84%)
     
  • HANG SENG

    29.783,86
    -375,15 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    28.607,22
    -215,07 (-0,75%)
     
  • NASDAQ

    13.435,00
    -40,50 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7118
    +0,0756 (+1,14%)
     

Dow Jones ultrapassa 30 mil pontos com otimismo sobre vacina e transição política nos EUA

Por Chuck Mikolajczak
·3 minuto de leitura

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os mercados de ações dos Estados Unidos tiveram um rali nesta terça-feira, e o índice Dow Jones ultrapassou o nível de 30 mil pela primeira vez, com investidores antecipando uma recuperação econômica em 2021 na esteira do progresso no desenvolvimento de uma vacina contra o coronavírus e da autorização formal à transição para o governo Biden na Casa Branca.

Dos 11 principais setores da S&P, dez ganharam terreno, com setores economicamente sensíveis, como financeiro, materiais básicos e energia, liderando as altas. O índice de ações industriais bateu um recorde.

O presidente Donald Trump finalmente deu luz verde para que a transferência formal do poder comece na segunda-feira, um processo atrasado por semanas, apesar de o democrata Joe Biden emergir como o vencedor claro nas eleições dos EUA. A Administração de Serviços Gerais disse a Biden que ele poderia iniciar formalmente o processo de transferência.

O sentimento nesta semana também tem sido impulsionado por notícias de que Biden planeja nomear a ex-chair do Federal Reserve (Fed) Janet Yellen como secretária do Tesouro, o que poderia sensivelmente mudar o foco para esforços de combate à crescente desigualdade econômica.

Dados recentes sugerindo que uma vacina para a Covid-19 poderia estar disponível antes do final do ano colocaram o S&P 500 a caminho de seu melhor desempenho mensal desde abril e gerou demanda por ações "de valor" (negociadas com desconto ante os fundamentos), que foram golpeadas pelo crash causado pelo coronavírus no começo do ano.

"Um pouco de diminuição da incerteza do lado das eleições. O mercado parece bastante favorável no anúncio de Yellen (para o Tesouro). Parece apenas um daqueles bons dias em que tudo está indo um pouco mais para cima", disse Ross Mayfield, analista de estratégia de investimento da Baird.

"Se 2020 nos mostrou alguma coisa é que os mercados de ações têm uma tremenda capacidade de ignorar as más notícias se houver sol no horizonte."

O índice Dow Jones subiu 1,54%, a 30.046 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,616172%, a 3.635 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 1,31%, a 12.037 pontos.

O Dow Jones alcançou 30.116,51 pontos na sessão, e o S&P 500 também teve uma máxima recorde de fechamento. Embora os 30 mil pontos no Dow Jones representem um marco psicológico, a pontuação significa pouco para investidores profissionais.

A fabricante de carros elétricos Tesla Inc saltou 6,43%, com seu valor de mercado superando 500 bilhões de dólares, à medida que investidores demandaram suas ações depois da inclusão da empresa no S&P 500.

Boeing Co ganhou 3,29%, depois que reguladores europeus deram a aprovação preliminar para seus jatos 737 MAX, abrindo caminho para uma autorização formal de voo em janeiro.

A BlackRock Inc, maior gestora de ativos do mundo, elevou na segunda-feira as ações dos EUA para "overweight" (acima da média do mercado), tornando-se otimista em relação a empresas de tecnologia de grande capitalização e small caps (companhias de menor capitalização) que tendem a ter bom desempenho durante uma recuperação cíclica.