Dow Jones fecha em queda de 0,56%

Nova York, 13 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta quinta-feira em baixa de 0,56% após um dia marcado pela preocupação com a falta de um acordo nos EUA para evitar o temido "abismo fiscal".

Segundo dados provisórios, esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, perdeu 74,73 pontos, para 13.170,72. Já o índice seletivo S&P 500 caiu 0,63%, até os 1.419,45 pontos, enquanto o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq recuou 0,72%, para 2.992,16 pontos.

Os investidores optaram pelas vendas depois que o líder republicano da Câmara dos Representantes, John Boehner, reiterou que existem "sérias diferenças" entre ele e o presidente americano, Barack Obama, para fechar um pacto que evite o temido "abismo fiscal".

Pouco antes do fechamento, sabia-se que Boehner e Obama se reunirão hoje na Casa Branca para abordar de novo esse temido cenário, que representa alta de impostos para todos os americanos e maciços cortes do gasto público, que poderiam levar ao país de novo à recessão.

Este medo, unidos à decisão da Standard & Poor's de colocar em perspectiva negativa a nota da dívida do Reino Unido, fizeram com que 25 dos integrantes do Dow Jones acabassem em baixa, liderados pela farmacêutica Merck (-1,96%), a seguradora Unitedhealth (-1,57%), a aeronáutica Boeing (-1,52%) e o grupo Walt Disney (-1,07%).

Fora desse índice, a rede social Facebook subiu 2,39% um dia antes de terminar o prazo de proibição de venda de suas ações, o que afeta 156 milhões de seus papeis.

Por outro lado, a cadeia de artigos eletrônicos Best Buy disparou 15,93% após ser publicado que seu fundador, Richard Schulze, realizará uma proposta formal nesta semana para adquirir a companhia por entre US$ 5 bilhões e US$ 6 bilhões.

A Clearwire subiu sólidos 14,91% depois que a operadora de telefonia Sprint Nextel ofereceu US$ 2,1 bilhões para adquirir participação na fornecedora de redes sem fios.

Em outros mercados, o petróleo do Texas caiu US$ 85,89 por barril, o ouro desceu para US$ 1.696,8 a onça, o dólar se desvalorizou em relação ao euro, cotado a US$ 1,3078, e a rentabilidade da dívida pública americano a dez anos subiu até 1,73%. EFE

Carregando...