Dow Jones fecha com maior alta em mais de 2 meses

O principal índice de ações do mercado americano, o índice Dow Jones, fechou nesta segunda-feira na maior alta em mais de dois meses, impulsionado pelo otimismo dos investidores em relação a um acordo que impeça o "abismo fiscal" - aumentos de impostos e cortes automáticos de gastos públicos previstos para janeiro.

O índice Dow Jones fechou em alta de 207,65 pontos (1,65%), em 12.795,96 pontos, após operar em alta acentuada durante todo o pregão. É o maior ganho do índice Dow Jones desde 6 de setembro.

O S&P-500 fechou em alta de 27,01 pontos (1,99%), em 1.386,89 pontos. O Nasdaq ganhou 62,94 pontos (2,21%), fechando em 2.916,07 pontos. Os dois índices também operaram em alta acentuada durante todo o pregão desta segunda-feira.

Os destaques da sessão foram o Bank of America, cujas ações subiram 4,06%, e as ações da Hewlett-Packard, que avançaram 3,5%. Entre as 30 ações que compõem o Dow Jones, somente as ações da Intel registraram queda, de 0,3%, após o anúncio de que o presidente da empresa, Paul Otellini, vai se aposentar em maio.

Analistas afirmam que o mercado continua atento às novidades sobre o progresso para evitar o "abismo fiscal". O presidente americano, Barack Obama, disse estar "confiante" que a situação fiscal será resolvida pelos parlamentares. "Comentários construtivos durante o final de semana foram essenciais para o mercado sentir que os dois partidos serão capazes de chegar a um acordo para evitar o 'abismo fiscal', que levaria a economia à recessão", disse Jeff Morris, diretor de ações da Standard Life Investments, de Boston.

Os dados positivos sobre a venda de moradias usadas nos EUA também empurrou o mercado para cima, principalmente as ações relacionadas à indústria. A venda de moradias usadas no país aumentou 2,1% em outubro ante setembro, para a taxa anual sazonalmente ajustada de 4,79 milhões, segundo dados divulgados hoje pela Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês). A alta acumulada no ano é de 10,9%.

Esta semana será mais curta para o mercado americano de ações devido ao feriado de Ação de Graças nos EUA, na quinta-feira. A expectativa é que o volume negociado seja menor no decorrer da semana. As informações são da Dow Jones.

Carregando...