Dow Jones fecha em baixa de 1,21%

Nova York, 28 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta sexta-feira em baixa de 1,21% em meio ao nervosismo dos mercados pelo temido "abismo fiscal" nos Estados Unidos.

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, perdeu 158,2 pontos, para 12.938,11. Já o índice seletivo S&P 500 caiu 1,1%, até 1.402,43, enquanto o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq recuou 0,86%, para 2.960,31.

Na reta final do dia, os investidores ampliaram as perdas enquanto o presidente dos EUA, Barack Obama, continuava reunido na Casa Branca com os líderes de ambos partidos no Congresso.

A reunião, no Salão Oval, inclui os líderes de democratas e republicanos no Senado, Harry Reid e Mitch McConnell, e o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, e a líder da minoria democrata, Nancy Pelosi.

Os mercados seguem com incerteza e nervosismo a evolução das negociações em Washington para evitar o aumento generalizado de impostos e maciços cortes no gasto público que entrarão em vigor em janeiro se um pacto não for selado.

Todos os 30 componentes do Dow Jones se tingiram de vermelho no fechamento, liderados por HP (-2,56%), Exxon Mobil (-2,03%), Chevron (-1,91%), United Technologies (-1,54%) e Microsoft (-1,52%).

Outros 12 valores desse indicador fecharam o pregão com perdas superiores a um ponto percentual, como Boeing (-1,5%), Alcoa (-1,39%) e Verizon (-1,33%), entre outros.

Fora desse indicador, a Apple cedeu 1,1% no mercado Nasdaq após saber que deverá pagar uma multa de quase US$ 169 mil na China por vender versões eletrônicas de livros em sua loja online sem a autorização de seus autores.

Em outros mercados, o ouro caiu para US$ 1.656,9 a onça e a rentabilidade da dívida pública americana a dez anos recuou para 1,69%. EFE

Carregando...