Dow Jones fecha em alta de 1,65%

Nova York, 19 nov (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta segunda-feira em alta de 1,65%, estimulado pelo otimismo no debate entre republicanos e democratas sobre o "abismo fiscal" nos Estados Unidos.

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, somou 207,65 pontos, para 12.795,96. Já o índice seletivo S&P 500 subiu 1,99%, e o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq avançou 2,21%.

Os investidores nova-iorquinos optaram pelas compras graças ainda ao ímpeto negociador iniciado na sexta-feira graças ao começo das conversas entre republicanos e democratas do Congresso dos EUA para obterem um pacto que contorne o abrupto ajuste fiscal que entraria em vigor em janeiro.

Wall Street também se viu impulsionado pelo aumento das vendas de casas usadas em outubro em território americano e pela iminente chegada da temporada de compras natalinas após a festividade de Ação de Graças, que manterá fechado o pregão tanto na quinta-feira quanto em metade da sexta-feira.

O gigante tecnológico Apple se viu particularmente favorecido e fechou com um avanço de 7,21%, com o qual impulsionou o conjunto do setor, que subiu 2,53%.

Todos os integrantes do Dow Jones acabaram esta segunda-feira em terreno positivo, liderados por Bank of America (4,06%), a tecnológica HP (3,5%), que amanhã apresentará seus resultados, a operadora Verizon (3,41%), o banco JPMORGAN Chase (2,68%) e o conglomerado GE (2,53%).

As companhias desse índice que menos subiram foram o fabricante de produtos para a higiene pessoal Johnson & Johnson (0,09%) e o grupo de informática Intel (0,3%), a última num dia em que anunciou que seu executivo-chefe, Paul Otellini, se aposentará em maio de 2013, pelo que está buscando um substituto. EFE

Carregando...