Dow Jones fecha em alta de 0,76%

Nova York, 18 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta terça-feira em alta de 0,87% após um dia marcado pela confiança que os Estados Unidos evitarão o chamado "abismo fiscal".

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, somou 115,11 pontos, para 13.350,50. Já o índice seletivo S&P 500 subiu 1,14%, até 1.446,79, enquanto o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq avançou 1,46% para 3.054,53.

Os mercados nova-iorquinos voltaram a viver uma jornada de otimismo prudente perante a confiança que as negociações entre republicanos e democratas sobre um acordo orçamentário nos EUA chegarão a bom termo.

Esse moderado otimismo se manteve mesmo depois que a Casa Branca rejeitou hoje o chamado "plano B" proposto pelos republicanos (subir os impostos aos contribuintes com receita superiores a US$ 1 milhão por ano, frente aos US$ 400 mil que propõe o presidente, Barack Obama).

Apesar dessas diferenças, a evidente aproximação dos últimos dias faz os investidores pensarem que o "abismo fiscal" será finalmente evitado.

Ao fim da sessão, a grande maioria das empresas do Dow Jones Industrial registrou altas, lideradas por Bank of America (3,27%), United Technologies (2,80 %) e Hewlett-Packard (2,25 %).

Entre os cinco títulos que caíam, se destacaram Johnson & Johnson (-1,16%) e General Electric (-1,09%).

Fora do Dow Jones, as fortes altas do Facebook (3,59%) e da Apple (2,90%) propulsaram uma alta do Nasdaq ainda maior que a dos outros dois grandes índices.

Em outros mercados, o preço do ouro subiu para US$ 1.672,70 a onça, e a rentabilidade da dívida pública americana a dez anos aumentava para 1,823%. EFE

Carregando...