Dow Jones fecha em alta de 0,45%

Nova York, 20 dez (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta quinta-feira em alta de 0,45% em um dia marcado pelo crescimento maior que o previsto da economia dos Estados Unidos.

Esse indicador, que reúne 30 das maiores empresas americanas, somou 59,75 pontos, para 13.311,72. Já o índice seletivo S&P 500 subiu 0,55%, até 1.443,69, enquanto o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq avançou 0,20% para 3.050,39.

O pregão nova-iorquino mudou de rumo nas últimas horas das contratações depois que o presidente da Câmara dos Representantes, o republicano John Boehner, disse que seguirá trabalhando com o presidente Barack Obama para alcançar um acordo que evite o "abismo fiscal".

Wall Street havia se mantido em terreno negativo apesar da divulgação da notícia, antes da abertura, que a economia americana cresceu 3,1% no terceiro trimestre, quatro décimos acima do cálculo preliminar e o mais alto desde o final de 2011.

No âmbito empresarial a protagonista foi a própria gerente da Bolsa de Nova York, NYSE Euronext, que disparou 34,1% após anunciar será adquirida pelo Intercontinental Exchange (ICE) - que avançou 1,4% - por US$ 8,2 bilhões em dinheiro e ações.

Dessa forma, 25 integrantes do Dow Jones acabaram o pregão em terreno positivo, liderados por Bank of America (2,95%), JP MORGAN Chase (2,3%), Walt Disney (1,98%), United Health (1,78%) e Microsoft (1,35%).

O lado contrário da tábua foi puxado pela farmacêutica Merck, que caiu 3,44% depois que não conseguiu lançar um remédio que tinha em estudos clínicos contra o colesterol.

Em outros mercados, o ouro caiu para US$ 1.645,9 dólares a onça e a rentabilidade da dívida pública americana a dez anos recuava para 1,8%. EFE

Carregando...