Dow Jones fecha em alta de 0,6%

Nova York, 10 jan (EFE).- O principal indicador de Wall Street, o Dow Jones Industrial, fechou nesta quinta-feira em alta de 0,6%, em um dia marcado pelos números positivos do comércio exterior da China.

Segundo dados provisórios ao fim da sessão, esse índice, que agrupa trinta das maiores empresas cotadas dos EUA, somou 80,71 pontos, até 13.471,22. Já o seletivo S&P 500 avançou 0,76%, até os 1,472,12, e o índice composto do mercado Nasdaq subiu 0,51%, para 3.121,76 pontos.

As exportações da China em dezembro registraram um aumento de 14,1% em relação ao mesmo período do ano passado, o que diminuiu o impacto da subida dos pedidos de seguro desemprego na semana passada nos EUA.

Os números positivos foram sustentados por uma alta de 1,2% no setor financeiro, que está na expectativa do anúncio amanhã dos resultados do banco (1,99%).

Pouco após o fechamento dos mercados, os investidores se viram surpreendidos pela divulgação antecipada dos resultados preliminares da American Express (0,88%), que anunciou um plano de reestruturação que passa por eliminar 5.400 postos de trabalho.

Só cinco dos integrantes do Dow Jones terminaram a jornada em baixa, liderados pelo produtor de alumínio Alcoa (-1,21%), apesar da companhia ter inaugurado nesta semana a temporada de divulgação de resultados com contas melhores do que o previsto.

No lado positivo, destaque para o Bank of America (3,06%), seguido pelas tecnológicas Hewlett-Packard (2,71%) e Intel (1,63%), e o banco JPMorgan Chase (1,5%).

Fora desse índice, destaque para a alta de 2,32% da rede social Facebook, que na véspera fechou acima dos US$ 30 por ação pela primeira vez em seis meses.

Já a joalheria Tiffany's caiu 4,52% após anunciar que suas vendas durante a temporada natalina quase não registraram mudanças frente ao mesmo período do ano anterior.

Em outros mercados, o Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) subiu para US$ 93,82 por barril, e o ouro subiu para US$ 1.678 da onça.

Já o dólar se desvalorizou frente ao euro, cotado a US$ 1,3258, e a rentabilidade da dívida americana a 10 anos subiu para 1,9%. EFE

Carregando...