Dow Jones fecha em alta de 0,34%

Nova York, 12 fev (EFE).- O índice Dow Jones Industrial, o principal de Wall Street, fechou nesta terça-feira em alta de 0,34% e recuperou novamente a simbólica barreira dos 14.000 pontos, embora o Nasdaq tenha terminado em queda empurrado pelo setor tecnológico.

O Dow Jones, que reúne 30 das maiores empresas americanas, subiu 47,46 pontos, para 14.018,7, seu nível mais alto desde outubro de 2007 e a segunda vez que termina acima dos 14 mil pontos em 2013, após cinco anos sem superar esta marca.

Já o índice seletivo S&P 500 avançou 0,16% (2,42 pontos), até os 1.519,43, cota mais alta em meia década.

No entanto, o indicador da bolsa eletrônica Nasdaq caiu 0,17% (-5,51 pontos), até os 3.186,49, em consequencia da queda de 2,23% sofrida pelo setor tecnológico.

O pregão de hoje foi marcado pela falta de anúncio de dados relevantes e pela espera do discurso sobre o estado da União que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obana, fará nesta noite, e que deverá se concentrar na recuperação econômica.

Mais de dois terços dos componentes do Dow Jones fecharam em alta, liderados pelo Bank of America (3,25%), Alcoa (1,8%), Hewlett-Packard (1,6%), Home Depot (1,42%) e a AT&T (1,05%).

No lado negativo, destaque para a Coca-Cola, que perdeu 2,72% apesar de ter anunciado antes da abertura um lucro de US$ 9,019 bilhões no ano fiscal de 2012, valor 5% maior do que no ano anterior, e um aumento dos lucros de 13% no último trimestre.

Fora desse índice, a Apple perdeu 2,52% depois que seu executivo-chefe, Tim Cook, não deu indícios de uma nova distribuição e de lucros entre os acionistas em curto prazo, como tinha sido antecipado, durante seu discurso na conferência tecnológica da Goldman Sachs, realizada em São Francisco.

Também se destacaram no Nasdaq as quedas do Facebook (-3,15%) e da BlackBerry (-3,24 %).

Por outro lado, surpreendeu a alta de 8,77% da companhia de roupas e acessórios Michael Kors após o anúncio de que sua renda aumentou 70%.

Em outros mercados, o petróleo do Texas subiu para US$ 97,51 por barril, o ouro caiu para US$ 1.649,6 a onça, o dólar perdeu força em relação ao euro, cotado a US$ 1,3454, e a rentabilidade da dívida americana a 10 anos avançou para 1,98%. EFE

Carregando...