Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.920,61
    +356,17 (+0,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.934,91
    +535,11 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,68
    -0,03 (-0,05%)
     
  • OURO

    1.814,80
    -0,90 (-0,05%)
     
  • BTC-USD

    56.264,52
    -729,44 (-1,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.463,14
    -8,28 (-0,56%)
     
  • S&P500

    4.201,62
    +34,03 (+0,82%)
     
  • DOW JONES

    34.548,53
    +318,19 (+0,93%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    0,00 (0,00%)
     
  • NIKKEI

    29.442,85
    +111,48 (+0,38%)
     
  • NASDAQ

    13.646,00
    +48,25 (+0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3637
    -0,0029 (-0,05%)
     

S&P 500 e Dow Jones encerram em máximas recordes com renovadas esperanças sobre vacina

Por Stephen Culp
·2 minuto de leitura
.

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - Os índices S&P 500 e Dow Jones fecharam em máximas recordes nesta segunda-feira, com a notícia de outra promissora vacina contra o coronavírus alimentando esperanças de erradicação da Covid-19, embora um aumento de infecções e novas paralisações ameacem impedir a recuperação da recessão causada pela pandemia.

Todos os três principais índices de ações dos Estados Unidos avançaram na sessão. Com seu novo recorde de fechamento, o Dow Jones, índice de blue-chips, tornou-se o último dos três a recuperar os níveis alcançados em fevereiro, antes que os lockdowns empurrassem os mercados a uma queda livre.

O índice Russell 2000 também encerrou o pregão numa máxima de todos os tempos.

As ações de valor (negociadas a preços descontados), cíclicas e small caps superaram o desempenho do mercado em geral.

A Moderna Inc disse que sua vacina experimental para a Covid-19 foi 94,5% eficaz na prevenção da infecção, com base em dados preliminares de testes em estágio final. Foi a segunda farmacêutica num intervalo de uma semana, depois da Pfizer Inc, a anunciar promissores dados de testes no desenvolvimento de uma vacina para derrotar a pandemia. As ações da Moderna valorizaram-se 9,6% no dia.

"Mais notícias sobre vacinas estão orientando setores cíclicos, small caps e ações de valor, que seriam priorizadas se a economia reabrisse mais cedo do que o esperado, levando-os a algum senso de normalidade", disse Robert Pavlik, gestor sênior de portfólio da Dakota Wealth em Fairfield, Connecticut.

Ações relacionadas a viagens, que foram afetadas por restrições para conter a propagação da pandemia, estiveram em demanda.

Os papéis de United Airlines Holdings Inc, American Airlines Group Inc, Carnival Corp e Norwegian Cruise Line Holdings Ltd saltaram entre 4,5% e 9,7%.

O índice Dow Jones subiu 1,6%, a 29.950 pontos, enquanto o S&P 500 ganhou 1,164805%, a 3.627 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,8%, a 11.924 pontos.