Mercado fechado

Dow Jones e S&P 500 cedem com temores por vírus e dados de auxílio-desemprego nos EUA

Por Sruthi Shankar e Shivani Kumaresan
·1 minuto de leitura

Por Sruthi Shankar e Shivani Kumaresan

(Reuters) - Os índices Dow Jones e S&P 500 operavam em leve queda nesta quinta-feira, uma vez que o aumento dos casos de Covid-19 e a inesperada alta nos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos levantaram temores de estagnação do crescimento na maior economia do mundo.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 742 mil na semana encerrada em 14 de novembro, contra 711 mil na semana anterior, informou o Departamento do Trabalho. Economistas consultados pela Reuters projetavam 707 mil solicitações.

"O que foi um declínio nos números de auxílio-desemprego nos últimos dois meses de repente reverteu o curso, então isso só se soma ao tema atual de a economia piorar", disse Kenny Polcari, sócio-gerente da Kace Capital Advisors.

Investidores também se tornaram cautelosos com os danos de curto prazo causados pelas restrições às empresas conforme os casos de Covid-19 continuam a avançar e sem novas medidas de estímulo.

Às 12:03 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 0,13%, a 29.400 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,155278%, a 3.562 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 0,31%, a 11.838 pontos.