Mercado fechará em 2 h 41 min
  • BOVESPA

    114.406,49
    -1.261,29 (-1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.280,39
    +129,01 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,47
    +0,25 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.776,20
    -21,70 (-1,21%)
     
  • BTC-USD

    50.080,64
    +325,87 (+0,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.002,16
    +7,49 (+0,75%)
     
  • S&P500

    3.867,66
    -57,77 (-1,47%)
     
  • DOW JONES

    31.645,17
    -316,69 (-0,99%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.994,50
    -307,50 (-2,31%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7148
    +0,1443 (+2,20%)
     

Doses de vacinas contra Covid-19 congeladas são jogadas no lixo no PR

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Enfermeira descarta vacina contra a Covid-19 congelada no lixo (Foto: Reprodução/ RIC Record TV)
Enfermeira descarta vacina contra a Covid-19 congelada no lixo (Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

Seu Alvino, de 91 anos, foi até o drive-thru montado para vacinar pessoas do grupo de risco contra a Covid-19, em Cascavel, município do Paraná, nesta quarta-feira (10). Segundo ele, foi necessário sair cedo de casa e enfrentar um ônibus até chegar ao local. Mas, quando o idoso foi receber o imunizante, a dose estava congelada e a enfermeira descartou a vacina no lixo.

A cena foi filmada por uma equipe de reportagem da RIC Record TV, que acompanhava o início da vacinação para idosos com 90 anos na cidade. Nas imagens, é possível ver o momento que a enfermeira até tenta forçar

“Eu vou ver, porque acho que essa [vacina] aqui está congelada. Essa aqui congelou”, disse ela, enquanto descartava o imunizante no lixo.

Leia também

De acordo com as imagens, a enfermeira ainda chegou a verificar as outras seringa dentro de uma caixa, mas logo percebe que todas foram perdidas. Segundo o jornal, doses congeladsa não podem ser reaproveitadas.e a orientação é descartá-las.

As seringas foram preparadas em um ônibus da Secretaria de Saúde do município e armazenada em uma geladeira que opera a 2,4 ºC, segundo o jornal.

A CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butanta, em São Paulo, em parceria com a farmacêutica chinesa SinoVac, pode ser armazenada entre 2 e 8 ºC.

Por esse motivo, a principal suspeita é que quando aberta, pela variação de temperatura do ambiente, a dose pode ter congelado.

“Se o profissional percebe algum problema, descartamos as doses e pegamos outras”, afirmou ao jornal a coordenadora do programa de vacinação Ana Carolina Alves.

De acordo com Regional de Saúde de Cascavel, a vacinação sempre é feita com doses extras no estoque para prevenir falhas como essa. Já o Ministério da Saúde recomenda ao menos 5% de doses de sobra.