Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.575,47
    +348,47 (+0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.674,30
    -738,20 (-1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,52
    -0,01 (-0,02%)
     
  • OURO

    1.783,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    18.162,83
    +394,78 (+2,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    333,27
    -4,23 (-1,25%)
     
  • S&P500

    3.638,35
    +8,70 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    29.910,37
    +37,87 (+0,13%)
     
  • FTSE

    6.367,58
    +4,65 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    26.894,68
    +75,28 (+0,28%)
     
  • NIKKEI

    26.644,71
    +107,41 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    12.273,25
    +15,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3930
    +0,0531 (+0,84%)
     

Doria rebate pesquisa de popularidade de Bolsonaro: 'Só tenho interesse em quantas vidas estamos salvando'

João de Mari
·2 minuto de leitura
“No meu caso, especificamente, eu só tenho interesse em uma pesquisa: quantas vida estamos salvando em São Paulo”, afirmou o governador (Foto: Agência Brasil)
“No meu caso, especificamente, eu só tenho interesse em uma pesquisa: quantas vida estamos salvando em São Paulo”, afirmou o governador (Foto: Agência Brasil)

Em entrevista coletiva, nesta sexta-feira (24), o governador João Doria (PSBD-SP) rebateu a pesquisa do Instituto Paraná, divulgada hoje, que mostra que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lidera todos os cenários de primeiro turno da eleição presidencial de 2022.

“No meu caso, especificamente, eu só tenho interesse em uma pesquisa: quantas vida estamos salvando em São Paulo”, afirmou o governador após ser questionado por uma jornalista sobre o que ele achava do resultado.

Doria foi eleito em 2018 e durante campanha utilizou o slogan ‘BolsoDoria’, uma alusão ao presidente eleito Bolsonaro que contava com índices altos de popularidade. No entanto, Doria rompeu com o presidente no início de 2019, tornando-se antagonista do capitão por defender o isolamento da população.

Hoje, o governador convocou jornalistas para entrevista para divulgar a nova atualização do Plano São Paulo, onde cada região do estado é classificada de acordo com seu cenário epidemiológico durante a crise do novo coronavírus.

“Os dados mostram que estamos no caminho certo, garantindo atendimento para todos os cidadãos”, escreveu Doria em uma rede social.

Leia também

Segundo ele, a rede de saúde do estado não entrou em colapso. “Não colapsou e não vai colapsar em SP graças a esse planejamento”, afirmou.

A situação das regiões no Plano que regulamenta a reabertura gradual das atividades econômicas, foi atualizada: Campinas e Araçatuba avançaram da fase vermelha (a mais restrita, em que apenas atividades essenciais estão liberadas) para a fase laranja.

Já a região de Araraquara passou da fase laranja para a amarela. Nenhuma região do estado retrocedeu.