Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,91 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,62 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,96
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.753,90
    -2,80 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.564,75
    -408,74 (-0,85%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,62%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,44 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,91 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,71 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.530,00
    +12,25 (+0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1994
    +0,0146 (+0,24%)
     

Doria anuncia fim de restrição no comércio a partir de 17 de agosto em SP e antecipa vacina para adolescentes

·2 minuto de leitura

A partir de 17 de agosto, São Paulo não terá mais restrições ao funcionamento do comércio. Na data, cairão totalmente as restrições em relação à ocupação dos estabelecimentos comerciais e públicos no estado, abertos e fechados. Também encerram-se as limitações de horários.

Antes disso, porém, em 1º de agosto, já haverá uma progressão importante na quarentena. A ocupação dos estabelecimentos será de 80%, com possibilidade de funcionamento até a meia-noite. Atualmente é possível operar até 23h, com 60% da capacidade.

— Ainda mantendo o uso de máscaras, recomendando o uso de álcool em gel, seguindo os protocolos de distanciamento e de cuidados pessoais e coletivos, já estaremos com novas regras em funcionamento a partir de 17 de agosto — afirmou o governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB) nesta quarta-feira.

Na véspera, dia 16 de agosto, o estado deve ter completado a aplicação da primeira dose de vacina contra Covid em toda a população paulista acima de 18 anos. A antecipação dessa marca também foi anunciada pelo governo nesta quarta. Antes a meta estava prevista para 20 de agosto.

Os adolescentes com idades entre 12 e 17 anos serão vacinados a partir do dia 18 de agosto. O começo do calendário será pelos jovens com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas nessa faixa etária. Esse grupo será convocado de 18 a 29 de agosto. Em seguida, de 30 de agosto a 5 de setembro, poderão se vacinar os jovens de 15 a 17 anos em geral. De 6 a 12 de setembro, vêm os 12 a 14 anos.

Para os adultos, a vacinação nos próximos dias está organizada da seguinte maneira: de 19 a 29 de julho, para os da faixa entre 30 e 34 anos; de 30 de julho a 4 de agosto, 28 e 29 anos; de 5 a 9 de agosto, 25 a 27 anos; e de 10 de agosto a 16 de agosto, 18 a 24 anos.

— É o censo de urgência, de emergência, de respeito pela vida dos brasileiros que vivem no estado de São Paulo — disse Doria.

O governador afirmou que a antecipação só foi possível diante da compra de 4 milhões de doses excedentes da vacina CoronaVac para o estado.

Após testar positivo para Covid-19 pela segunda vez, no dia 15 de julho, Doria retomou hoje a agenda de coletivas de imprensa. Ele abriu a agenda, no Palácio dos Bandeirantes, falando sobre seu estado de saúde.

— Estive completamente assintomático e protegido. Porque tomei a vacina, tomei duas doses da vacina do Butantan, a CoronaVac. Mas poderia ter tomado também AstraZeneca, Pfizer e Janssen, as quatro vacinas aprovadas. Sou um exemplo vivo que a vacina salva — disse o governador.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos