Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.933,29
    +1.655,85 (+2,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Doria alfineta Gabigol: "Péssimo exemplo de alguns personagens"

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Gabriel Barbosa foi encontrado em um cassino ilegal na madrugada do último domingo, 14, em São Paulo (Foto: Reprodução)
Gabriel Barbosa foi encontrado em um cassino ilegal na madrugada do último domingo, 14, em São Paulo (Foto: Reprodução)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez críticas ao jogador do Flamengo, Gabriel Barbosa, o Gabigol. Durante coletiva de imprensa, o tucano comentou a operação que fechou um cassino clandestino, onde o atleta estava.

"Que péssimo exemplo de alguns personagens que lá foram e se esconderam embaixo da mesa de jogo, que vergonha isso", disse Doria. Segundo relatos das autoridades, Gabriel tentava se esconder quando o local foi invadido por policiais.

Leia também:

Doria comentou que a operação é um exemplo de como as autoridades paulistas vão agir para evitar aglomerações e atividades ilegais em todo o estado durante a fase emergencial do Plano SP, que entrou em vigor nesta segunda-feira, 15.

Em entrevista à TV Globo, Gabigol afirmou que saiu para jantar com amigos e foi levado ao cassino ilegal. O jorgador negou que tenha se escondido e afirmou que "faltou sensibilidade" da parte dele. Nesta segunda, o atleta se reapresentou no centro de treinamento do Flamengo.

Além do jogador do Flamengo, também estava no cassino o funkeiro MC Gui. Todos que estavam no local foram levados a uma delegacia e assinaram um Termo Circunstanciado.

Em entrevista ao Lance!, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB), que acompanhou a operação, afirmou que conversou com o jogador e tentou acalmá-lo.