Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,41 (+0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,32 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,13
    +0,60 (+0,69%)
     
  • OURO

    1.790,40
    -7,70 (-0,43%)
     
  • BTC-USD

    23.930,91
    -164,37 (-0,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    569,15
    -2,76 (-0,48%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,57 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.536,06
    +26,91 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    19.830,52
    -210,34 (-1,05%)
     
  • NIKKEI

    28.868,91
    -2,87 (-0,01%)
     
  • NASDAQ

    13.663,50
    -17,75 (-0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2318
    +0,0533 (+1,03%)
     

Donos de bares e restaurantes criticam proposta de trocar vale-alimentação por dinheiro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Donos de bares e restaurantes, por meio da Abrasel (associação do setor), reagem à sugestão do deputado Paulinho da Força (Solidariedade-SP) para o pagamento dos vales refeição e alimentação em dinheiro na medida provisória que propõe novas regras para o benefício.

Em carta enviada aos deputados, a Abrasel diz que as mudanças terão consequências gravíssimas, se aprovadas, para o setor, gerando perdas enormes, desemprego e falências para os estabelecimentos, que ainda sofrem as consequências da pandemia e da inflação.

Estudo apresentando pela Abrasel no documento mostra que, na possibilidade de o voucher ser entregue em dinheiro, apenas 35% dos trabalhadores utilizariam o benefício para o fim a que se destina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos