Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.990,09
    +461,12 (+0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,22
    -1,45 (-2,31%)
     
  • OURO

    1.792,30
    +13,90 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    55.417,38
    -289,96 (-0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.279,03
    +16,07 (+1,27%)
     
  • S&P500

    4.163,28
    +28,34 (+0,69%)
     
  • DOW JONES

    34.074,99
    +253,69 (+0,75%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.869,25
    +75,00 (+0,54%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6995
    -0,0030 (-0,04%)
     

Bilionária russa mora de aluguel e só viaja na classe econômica

Redação Finanças
·1 minuto de leitura
Tatyana construiu seu negócio do zero em 2004 e hoje tem 99% da empresa (Foto: Getty Images)
Tatyana construiu seu negócio do zero em 2004 e hoje tem 99% da empresa (Foto: Getty Images)

Apesar de ter um patrimônio líquido de US$ 10,9 bilhões, a fundadora da varejista online russa Wildberries - a maior loja virtual do país e que funciona como a “Amazon da Rússia” - não ostenta com imóveis, automóveis de luxo e em voos de primeira classe. Tatyana Bakalchuk é gente como a gente: mora em uma casa alugada fora de Moscou, só viaja na classe econômica e até 2019 não tinha um carro. As informações são da Bloomberg Business Week.

Leia também:

Tatyana construiu seu negócio do zero em 2004 e hoje tem 99% da empresa, mas não deixa na mão de outras pessoas. Mesmo sendo a mulher mais rica do país e a 14º pessoa mais rica da Rússia, segundo Índice Bloomberg de Bilionários, é ela que administra a Wildberries. A varejista não tem conselho de administração e enfrentou três crises econômicas desde que abriu as portas. “Graças a Deus pelas crises”, diz Bakalchuk. “Percebemos que podemos operar de maneira diferente.”

Em 2019, a Wildberries deixou de funcionar apenas em terras russas e abriu filiais em Israel, Polônia, Eslováquia em 2019. Mas foi na França, Alemanha, Itália e Espanha, que, pela primeira vez, concorreu diretamente com a Amazon - que não opera na Rússia. Hoje, a multinacional já ultrapassou as rivais Alibaba, da China, a potência local Yandex, Lamoda e a Ozon, uma das primeiras empresas de e-commerce da Rússia.