Mercado abrirá em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,46
    +2,28 (+3,45%)
     
  • OURO

    1.789,10
    +12,60 (+0,71%)
     
  • BTC-USD

    57.030,82
    +599,88 (+1,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.466,36
    +23,58 (+1,63%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.059,45
    -50,50 (-0,71%)
     
  • HANG SENG

    23.724,23
    +248,97 (+1,06%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.393,25
    +242,75 (+1,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3923
    +0,0223 (+0,35%)
     

Doce de Round 6 cresce em vendas na Coreia do Sul

·2 min de leitura
Na série, personagens tiveram que destacar formas do doce em uma competição mortal. Foto: Reprodução/Netflix.
Na série, personagens tiveram que destacar formas do doce em uma competição mortal. Foto: Reprodução/Netflix.
  • O dalgona é um doce de rua feito com açúcar e bicarbonato de sódio

  • Formas como triângulo, círculo e guarda-chuva são impressas na guloseima

  • 700 dalgonas foram feitos para a gravação da cena na série

O sucesso inesperado da série sul-coreana Round 6 tem sido estrondoso. Tendo levado mais de dez anos para ser produzida e lançada sem expectativa de êxito fora da Coreia do Sul, a produção tem sido a mais assistida da Netflix desde seu lançamento no dia 17 de setembro. Se mantiver o ritmo, pode passar a britânica Bridgerton, o seriado mais visto de todos os tempos na plataforma. A aceitação tem sido tão grande, que até mesmo um doce mostrado durante uma competição tem caído no gosto do público.

Tendo sido popular em barracas de rua da Coreia do Sul nas décadas de 1970 e 1980, o dalgona era visto como um doce retrô até o lançamento de Round 6. A receita é simples: basta juntar açúcar com bicarbonato de sódio em uma frigideira e amassar a mistura com uma forma. O costume popular era tentar destacar a figura impressa na guloseima sem quebrá-la. Quem conseguisse o feito, ganhava outro dalgona de brinde.

Leia também:

No seriado, os formatos mostrados são um triângulo, um círculo, uma estrela e um guarda-chuva. Nas barracas, o doce custa em média 2 mil wons sul-coreanos (cerca de R$ 9).

Protagonista usou saliva para facilitar a missão. Foto: Reprodução/Netflix.
Protagonista usou saliva para facilitar a missão. Foto: Reprodução/Netflix.

Para produzir a cena em que o dalgona aparece em Round 6, a equipe da série contratou os serviços de An Yong-hui. O comerciante, que vende o doce há mais de oito anos nas ruas de Seul, teve de fazer 700 dalgonas para a gravação. No entanto, desde a estreia, An não tem tido mais descanso. Enquanto antigamente ele vendia menos de 200 dalgonas por dia, hoje vende mais de 500.

Até mesmo plataformas de e-commerce como Amazon e Ebay têm vendido kits para fazer o doce. Os valores dos produtos podem chegar a quase US$ 30.

Round 6 é só mais um exemplo do poderia cultural da Coreia do Sul. Popular por exportar o gênero musical K-pop, o próprio governo de Seul já chegou a investir cerca de R$ 2,2 bilhões na indústria musical.

As informações são do The Independent.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos