Divulgação do edital do trem-bala é adiada novamente

Brasília, 23 nov (EFE).- A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou nesta sexta-feira que atrasará novamente a publicação do edital do primeiro leilão do trem-bala entre Rio de Janeiro e São Paulo.

O anúncio das condições da licitação e do contrato de concessão, que estava previsto para a próxima segunda-feira, está pendente da aprovação do Tribunal de Contas da União (TCU), "o que deverá ocorrer nos próximos dias", segundo um comunicado do órgão.

A ANTT publicará nesta segunda-feira o relatório da audiência pública realizada com os consórcios interessados no projeto, o que inclui as contribuições destas empresas para a melhoria do plano.

O projeto, que unirá as duas maiores cidades do país, interessa a consórcios de Espanha, França, Alemanha e Coreia do Sul e terá um custo aproximado de R$ 33 bilhões.

O Governo Federal fixou uma meta para que o trem comece a funcionar em 2018 ou, no máximo, em 2020.

A licitação foi dividida em dois períodos, a primeira delas contemplará a construção dos trens e a operação do sistema, que será concedida durante um prazo inicial de 30 anos.

Posteriormente, no início de 2014, será licitada toda a construção da infraestrutura, que representa os cabos ferroviários e as estações, entre outras obras. EFE

Carregando...